McLaren ainda quer aumentar seu portfólio de patrocinadores

O presidente-executivo da McLaren, Zak Brown, pretende atrair novos patrocinadores durante toda a temporada de 2019, e repetir o sucesso de suas parcerias em 2018. Após algumas temporadas turbulentas, a McLaren conseguiu acordos com grandes marcas como Dell Technologies e Petrobras.

Perto do final da temporada de 2018, ela firmou uma parceria de três corridas com a Coca-Cola, com Brown afirmando que as negociações estão sendo realizadas para um contrato de longo prazo. Mas o americano também afirmou que muitas outras marcas estão sendo procuradas para futuros negócios.

“Fizemos um bom progresso neste ano. Nós atingimos nossos números de receita esperados”.

“Acho que trouxemos mais novos parceiros do que qualquer outra equipe da categoria no ano passado. Eram grandes marcas, relacionamentos de longo prazo: Dell Technologies, Petrobras, FX Pro, etc. Eu espero ter o mesmo nível e a quantidade de novos parceiros se juntando a nós em 2019.”

No entanto, Brown afirmou que a McLaren não está buscando um patrocinador titular, apesar de algumas equipes ativamente o fazerem. O esquadrão de Woking correu com um patrocinador principal em 2013, quando usou a empresa de telecomunicações britânica Vodafone, como seu nome de apresentação.

“Não estamos ativamente tentando encontrar um patrocinador titular, estamos ativamente tentando encontrar o que chamamos de um parceiro principal”.

“Mas, a menos que seja exatamente a parceria certa, não estamos ativamente tentando trazer qualquer outra marca ao lado de nosso nome. Porque acho que, no final, somos a McLaren, continuamos sendo McLaren e não mudamos nosso nome, como eu acho que qualquer grande marca não gostaria de mudar o nome deles, então teria que ser a parceria certa”.

“Eu me sinto confortável com o local onde estamos comercialmente, e é claro, acredito que quanto mais sucesso tivermos na pista, isso irá facilitar a aceleração do nosso programa de recrutamento corporativo”, finalizou.