Thierry Neuville vence pela 4ª vez no ano e é vice no Mundial de Rally

Título já estava decidido a favor do francês Sébastien Ogier; mas é o piloto belga quem termina 2017 com o maior número de vitórias.

Quem foi o grande destaque do WRC em 2017? Você vai responder Sébastien Ogier, e está coberto de razão. Ele foi pentacampeão mundial de forma antecipada, já em seu ano de estreia pela nova equipe, a M-Sport.

Mas a verdade é que não foi por falta de adversários.

O belga Thierry Neuville provou exatamente isso ao vencer o Rally da Austrália, última etapa da temporada, disputada neste fim de semana. Foi a quarta vitória de Neuville no campeonato – obtida em condições extremas como chuva e lama – o que faz dele o maior vencedor do ano. Ogier ganhou “só” duas vezes.

“Foi emocionante mesmo! Eu mantive o carro na trilha, mas, cara, foi por muito pouco. Eu sabia que poderia fazer diferença, mas tinha de ser inteligente. Se você perde aderência, você perde o controle e o carro não responde mais aos seus comandos”, comentou Neuville, que corre de Hyundai i20.

O finlandês Jari-Matti Latvala tinha o segundo lugar praticamente assegurado, mas fez uma bobagem e tanto. Bateu na última especial, chamada de TV Power Stage, que como o próprio nome deixa claro é um show pra televisão (embora ofereça importantes pontos de bonificação). O estoniano Ott Tänak, companheiro de equipe de Sébastien Ogier, herdou a segunda posição. Ogier foi apenas o quarto.

As emoções do Rally da Austrália estão disponíveis no formato on demand por meio de um programa especial da Red Bull TV. O Mundial de Rally agora faz um rápido pit stop – mas bem rápido mesmo – e volta já no dia 25 de janeiro, com o tradicionalíssimo Rallye Automobile Monte-Carlo. Imperdível como sempre.