Thierry Neuville vence o Rally da Itália pela Hyundai

Thierry Neuville surgiu uma queda na carreira para conquistar sua segunda vitória no WRC no Rally da Itália-Sardenha na tarde deste domingo.

Depois de um difícil fim de 2015 e um igual problemático início desta temporada, tudo deu certo para o belga na ilha mediterrânea ao vencer o rally de quatro dias por 24.8 segundos em seu Hyundai i20.

Ele tornou-se o quinto vencedor diferente nas últimas cinco etapas do Campeonato Mundial de Rally, adicionando à sua primeira vitória na Alemanha em 2014.

Neuville venceu nove de 19 especiais, movendo-se para frente na tarde de sexta-feira e repelindo uma concorrência determinada de Jari-Matti Latvala. O finlandês se aproximou dentro de três segundos no sábado antes de Neuville conseguir aumentar sua vantagem na perna final de hoje.

Apesar dos problemas, Latvala, piloto da Volkswagen, liderou por três vezes na sexta-feira ao revezar na liderança com Thierry Neuville e Sebastien Ogier. Uma nova caixa de câmbio resolveu o problema de dirigibilidade, mas Latvala saiu da disputa esta manhã quando a diferença aumentou para 20 segundos.

Ogier aumentou sua vantagem na liderança ao terminar em terceiro no outro Volkswagen Polo R.

Dani Sordo conquistou a quarta posição pela quarta vez consecutiva no i20 para subir para segundo no campeonato. Ott Tanak e Eric Camilli, que conquistou sua primeira vitória de estágio hoje, completou o top 6 nos Ford Fiesta RS.

Henning Solberg superou os problemas de suspensão para terminar em sétimo à frente do vencedor da WRC2, Teemu Suninen, Jan Kopecky e Karl Kruuda.

Mads Ostberg não conseguiu largar hoje depois da sua equipe diagnosticar um problema no motor depois de uma quebra ontem. Outros abandonos que marcaram o rally incluem Hayden Paddon e Lorenzo Bertelli.

A temporada atinge sua metade nas rápidas estradas do Rally da Polônia entre o dia 30 de junho e 3 de julho.