Latvala dá primeira vitória para a Toyota desde 1999

Ninguém esperava que a primeira vitória da Toyota viesse tão cedo neste retorno da marca ao WRC (depois de passar 17 anos afastada). O responsável pelo feito foi o finlandês Jari-Matti Latvala, vencedor do Rally da Suécia, segunda etapa da temporada, ao volante de um Yaris WRC. O rali foi encerrado neste domingo.

Verdade seja dita, mais uma vez o favorito era o belga Thierry Neuville, de Hyundai i20 Coupe WRC. Neuville liderou a maior parte da prova e tinha mais de 40s segundos de vantagem quando bateu em uma das especiais do sábado, jogando tudo fora outra vez (já havia acontecido o mesmo no Rally de Monte Carlo).

“É um sentimento incrível”, comemorou Latvala, que não tinha nada a ver com isso e agora é o líder do campeonato. “Essa vitória traz o mesmo sentimento de quando ganhei meu primeiro rali, em 2008. Ela veio de forma surpreendente, exatamente como aquela”.

A conquista no Rally da Suécia não deixa de ser a volta por cima do próprio piloto.

“Na segunda metade da temporada passada, eu perdi confiança e não estava andando bem. Quando tive a chance de assinar com a Toyota, por causa da saída da Volkswagen, foi uma verdadeira injeção de ânimo pra mim. Tem um clima muito legal na equipe, que está me levando de volta ao nível que eu tinha alguns anos atrás”, acrescenta.

Foi a primeira vitória da Toyota no WRC desde o primeiro lugar alcançado pelo francês Didier Auriol no Rally da China de 1999.

De quebra, esse resultado manteve o histórico de domínio dos pilotos dos países nórdicos no Rally da Suécia. Os representantes da Suécia, da Finlândia e da Noruega venceram nada menos do que 61 vezes em 65 edições.

Outra grande atração do Rally da Suécia foi a Colin’s Crest, um salto espetacular, onde os carros pulam a mais de 160 km/h e percorrem mais de 40 metros com as rodas no ar. Esse trecho foi realizado no sábado e a maior distância foi atingida por Mads Østberg, que saltou por 44 metros.

Faltou pouco para quebrar o recorde do compatriota Eyvind Brynildsen, que alcançou 45 metros no ano passado.

A próxima etapa do WRC será o Rally do México, entre os dias 10 e 12 de março, com transmissão da Red Bull TV.