Grife de luxo, motor e poeira? Entenda como os aspectos estão unidos no Campeonato Mundial de Rally

Herdeiro da marca Prada, Lorenzo Bertelli é um dos pilotos na categoria de elite da competição, que chega a sua ‘garagem’ neste final de semana

É bem provável que grifes de moda e alta costura não estejam relacionadas com poeira, lama e motor. Certo? Não se estivermos falando do Campeonato Mundial de Rali. Na elite da categoria do WRC, um dos pilotos foge à regra e consegue unir todos esses aspectos diferentes e acelerar ao redor do mundo.

O nome dele é Lorenzo Bertelli. De cara, seria mais um dos pilotos que busca um lugar ao Sol no WRC. Contudo, ele une a moda ao esporte. Italiano, é filho de Miuccia Prada e Patrizio Bertelli, donos da grife Prada, considerada um símbolo de luxo e status. A fortuna avaliada da família extrapola os bilhões de reais, segundo a Revista Forbes.

Herdeiro da marca, Lorenzo é apaixonado por velocidade. Nascido em um País que respira o automobilismo e tem grandes nomes no esporte, como Alberto Ascari, Michele Alboreto e Giancarlo Fisichella, além de Valentino Rossi na Moto GP, Bertelli ingressou no rally em 2010, mas só no ano seguinte estreou no Campeonato Mundial. Ele deixa de lado o arquétipo ‘mauricinho’ e demonstra ser bastante despojado nas pistas.

O italiano tem uma equipe ‘non-sense’, a Fuckmatiè WRT, cuja letra “U’ é invertida para que o nome da empresa não seja algo de baixo calão. No início, seu carro era bem diferente e as cores davam a sensação de camuflagem. Agora, reestilizou um pouco mais o seu Ford Fiesta, mas ainda mantém o seu toque de moda.

O seu primeiro instrutor foi o ex-piloto Piero Liatti. Ele foi um dos principais nomes do esporte no País e já até faturou provas na carreira. Em seguida, desenvolveu-se ao lado dos co-pilotos. Atualmente, faz dupla com Simone Scattolin, da mesma nacionalidade.

Mesmo sem ter conquistado grandes resultados, Lorenzo já viveu grandes apuros na competição. Em 2016, durante o rally da Finlândia, ele errou uma curva e o seu carro capotou, dando alguns giros no ar. O seu copiloto na época teve de ser hospitalizado. A ele, nada de grave aconteceu. De resto, o susto a todos os familiares e fãs do esporte.

A partir desta sexta-feira (9) até o próximo domingo, o herdeiro de 29 anos da Prada poderá demonstrar todas as suas habilidades na ‘garagem de casa’. A competição desembarca na Itália e tem como grande atração o Micky’s Jump, um salto espetacular ao longo de uma das etapas. O público poderá acompanhar resultados e informações no F1 Mania, além de assistir ao vivo pela Red Bull TV no link https://www.redbull.tv/live/AP-1Q84GRNSN1W11/fia-world-rally-championship

 

Por Kaique Ferreira