De Hyundai i20, Hayden Paddon vence o Rally da Argentina

Hayden Paddon conquistou sua primeira vitória no WRC (Campeonato Mundial de Rally) no Rally da Argentina na tarde deste domingo depois de lutar com o campeão Sebastien Ogier num final emocionante durante o último dia de duelo.

A dupla foi separada por apenas 2.6s antes do último teste de velocidade no lendário El Condor, mas Paddon superou o francês ao conseguir ser quase 12 segundos mais rápido e assegurar uma vitória com margem de 14.3s em seu Hyundai i20.

Ele tornou-se o primeiro neozelandês a vencer uma etapa do WRC nos 43 anos de história do campeonato e acabou com as ambições da Volkswagen de assegurar uma marca sem precedentes de 13 vitórias consecutivas.

Paddon começou a última perna com uma vantagem de 29.8s depois de assumir a liderança ontem quando Jari-Matti Latvala bater. Uma troca de caixa de câmbio custou valiosos segundos na abertura dos testes de velocidade antes de Ogier se jogar no penúltimo estágio, quase que exterminando a vantagem de Paddon na liderança.

Andreas Mikkelsen, também da Volkswagen, completou o pódio a 50.9s de distância depois de sobreviver a uma rodada na primeira passagem pelo El Condor nesta manhã. No entanto, ele saiu do top 3 na classificação do campeonato já que Paddon pulou para segundo.

Dani Sordo terminou 11.9s mais para trás em quarto no outro i20 com Mads Ostberg num distante quinto lugar num Ford Fiesta RS, apesar de ter saído da estrada nesta manhã depois de um erro.

O top 6 dos quatro dias de rally, que cobriu um total de 364.68km de estradas próximas à Villa Calos Paz, foi completado por Thierry Neuville, que se recuperou bem depois de ter perdidos muitos minutos na sexta-feira com um problema no sistema de combustível.

O campeonato retorna à Europa depois de etapas consecutivas nas Américas quando Matosinhos recebe o Rally de Portugal entre os dias 19 e 22 de maio.