Toyota destrói recorde para conquistar a pole da 24 Horas de Le Mans

A Toyota Gazoo Racing deu hoje o mais firme sinal aos seus concorrentes do seu desejo de conquistar as 24 Horas de Le Mans. A equipe japonesa, e dois dos seus pilotos japoneses, assegurou a primeira fila do grid para a terceira etapa da temporada 2017 do WEC neste fim de semana, e destruiu o recorde da pista.

Aston Marin, Ferrari, Ford, Corvette e Porsche produziu uma grande disputa na LMGTE Pro, com a marca britânica saindo no topo com a pole e um novo recorde também.

 

LMP1

Kamui Kobayashi, da Toyota, produziu uma volta incrível no TS050 HYBRID #7 para registrar um novo recorde em 3:14.791. Isto destruiu o antigo recorde de 3:16.887 cravado por Neel Jani, da Porsche, em 2015 por mais de dois segundos. Kobayashi larga correndo com Mike Conway e Stephane Sarrazin.

O Toyota #8 de Kazuki Nakajima, cujo o piloto japonês dividirá com Sebastien Buemi e Anthony Davidson, dividirá a primeira fila do grid de largada da 85ª edição depois de cravar 3:17.128 na segunda posição.

Apenas um décimo atrás ficou o Porsche 919 Hybrid #1 de Lotterer-Jani-Tandy que dividirão a segunda fila com seus companheiros de equipe no carro #2 – tendo este encerrado seu dia prematuramente depois de sair da pista por precaução por conta de altas temperaturas no motor.

A terceira fila será composta pelo Toyota #9 de Lapierre-Kunimoto-Lopez e o ByKolles Racing ENSO CLM Nismo de Webb-Kraihamer-Bonanomi que cravaram a melhor volta nas mãos de Webb em 3:24.170.

 

LMP2

Os tempos caíram na LMP2 e a ORECA foi novamente o chassi a ser batido. Alex Lynn no G-Drive Racing #26 cravou a marca de 3:25.352 que foi 11.2s mais rápido do que o recorde anterior da classe graças aos carros mais rápidos em 2017. O britânico divide o cockpit com Roman Rusinov e Pierre Thiriet.

Vitaly Petrov (Trummer-Gonzalez) no CEFC Manor TRS Racing ORECA #24 tinha a pole provisória da classe por algum tempo com 3:25.549 antes de ser superado por Lynn e eventualmente caindo para a terceira posição. Conquistando a segunda posição na LMP2 foi Ho-Pin Tung (Laurent-Jarvis) no Jackie Chan DC Racing #38 seis décimos atrás da pole.

 

GTE

Aston Martin, Ferrari, Corvette, Ford e Porsche todos participaram da emocionante disputa na sessão classificatória que terminou com apenas 1.7 segundos separando os 12 carros na categoria LMGTE Pro.

Darren Turner, vencedor por duas vezes em Le Mans, colocou o Aston Martin Vantage #97 que dividirá com Jonny Adam e Daniel Serra na pole nas categorias GTE com o recorde de 3:50.837.

Entre Turner e seus companheiros na AMR no #95 (Thiim-Sørensen-Stanaway) ficou a Ferrari 488 GTE #51 de James Calado (PierGuidi-Rugolo), apenas 0.19s atrás do pole-position.

Outras Ferrari, Ford, Corvette e Porsche seguiram numa rápida sucessão atrás deles, os tempos sinalizando uma grande corrida nesta classe.

As diferentes marcas GT foram igualmente bem representadas na LMGTE Am, com os primeiros quatro lugares sendo ocupados por Corvette, Aston Martin, Ferrari e Porsche.

Liderando o campeonato do WEC, o Aston Martin #98 de Pedro Lamy-Paul Dalla Lana e Mathias Lauda brigou pela pola da classe durante toda sessão, terminando o terceiro e último classificatório 0.3s atrás do Larbre Corvette.

 

Não haverá ações na pista amanhã o que dará tempo às equipes para prepararem seus carros para as 24 Horas de Le Mans, que terá sua largada às 10h de sábado (17), horário de Brasília (GMT -3).