Senna tem novo parceiro de equipe na Alemanha

Filipe Albuquerque substitui Nicolas Prost nas 6 Horas de Nurburgring

O efeito prático do choque de datas do Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC com a Fórmula E será sentido neste fim de semana por Bruno Senna. O francês Nicolas Prost optou por disputar o E-Prix de Nova York pelo time oficial da Renault nas corridas de carros elétricos e dará lugar ao português Filipe Albuquerque como parceiro do brasileiro e de Julien Canal nas 6 Horas de Nurburgring, na Alemanha.

A etapa alemã será a quarta do calendário do WEC e oferecerá nova oportunidade de Bruno e seus companheiros da Rebellion Racing de conquistarem a primeira vitória em 2017. O trio terminou em 2º nas 6 Horas de Silverstone e Spa-Francorchamps, mas foi derrotado por problemas mecânicos nas 24 Horas de Le Mans depois de liderar mais da metade da prova na classe LMP2. O prejuízo foi enorme, já que a corrida distribuiu pontuação dobrada exatamente pela duração quatro vezes maior que as demais.

A troca de pilotos não preocupa Bruno. Albuquerque é um velho conhecido e ambos já dividiram o cockpit na temporada passada na equipe do mexicano Ricardo Gonzalez na LMP2. O português se mantém em atividade na mesma série de resistência que Bruno disputa nos Estados Unidos e também participou de Le Mans com um Ligier. “O portuga também acelera muito. Por esse aspecto, acredito que não teremos qualquer dificuldade”, resumiu.

Com programação inspirada no modelo da Fórmula 1, o WEC abrirá a pista nesta sexta-feira para duas sessões de treinos livres de 90 minutos, a primeira a partir das 6h35 (Brasília) e a segunda começando às 11h15. O sábado reserva mais uma hora de ensaios preparatórios às tomadas classificatórias, programadas para as 10h25. Domingo, a largada está marcada para as 8 horas. De acordo com o regulamento, o mais rápido de cada carro ao longo de todos os treinos é quem deverá cumprir o primeiro turno de pilotagem.