Em Nurburgring, Porsche campeão vence pela primeira vez no ano

Os atuais campeões mundiais Mark Webber, Timo Bernhard e Brendon Hartley conquistaram sua primeira vitória da temporada 2016 do WEC em Nurburgring.

Seu Porsche 919 Hybrid cruzou a linha de chegada com Bernhard ao volante quase um minuto à frente do melhor Audi R18 dividido entre Oliver Jarvis, Lucas di Grassi e Loic Duval na segunda posição.

Os dois Audi ficaram revezando na liderança durante as primeiras horas, mas a Porsche começou a tomar o controle da corrida pouco antes do meio da corrida.

O segundo 919 compartilhado pelos líderes do campeonato Neel Jani, Marc Lieb e Romain Dumas seguraram a liderança sobre seus companheiros até o começo da quinta hora quando Lieb acertou um carro mais lento de outra categoria.

Foi perdido tempo trocando o bico, mas Jani conseguiu voltar para a liderança com uma hora e meia para o final antes de tomar um drive-through por um contato evitável.

Isto o colocou atrás de Duval, que o seguro suficientemente para Lotterer alcança-lo e então passar o Porsche na segunda tentativa.

Jani teve um dano na traseira quando foi acertado por um carro mais lento enquanto Lotterer tentou pela primeira vez fazer a ultrapassagem, o que resultou numa parada não programada para substituir a carenagem.

Lotterer, que divide o Audi número 7 com apenas Marcel Fassler por conta de uma contusão de Benoit Treluyer, terminou atrás do seu companheiro de equipe em terceiro.

Jani cruzou a linha de chegada em quarto, ainda bem à frente das duas Toyota na quinta e sexta posições.

A equipe Signatech Alpine venceu pela terceira vez seguida na LMP2 depois de vencer em Spa e também as 24 Horas de Le Mans. Nicolas Lapierre, Stephane Richelmi e Gustavo Menezes venceram por 16 segundos a bordo de seu Alpine ORECA-Nissan 05.

A segunda posição foi para o Ligier-Nissan JSP2 da RGR Sport compartilhado por Filipe Albuquerque, Bruno Senna e Ricardo Gonzalez.

O pole G-Drive ORECA liderou a maior parte das primeiras horas nas mãos de Rene Rast e então Alex Brundle antes de enfrentar problemas na transmissão que os tiraram da corrida na terceira hora.

A Ferrari fez dobradinha na GTE Pro com Gianmaria Bruni e James Calado levando a melhor sobre Sam Bird e Davide Rigon por meio minuto.

A Aston Martin venceu a GTE Am com o Vantage compartilhado por Pedro Lamy, Mathias Lauda e Paul Dalla Lana.