Rubens Barrichello larga na pole na Corrida do Milhão

Criado em Interlagos, Rubinho volta a ser pole no quintal de casa, sete anos depois da sua última, pela Fórmula 1.

A pole position da Corrida do Milhão da Stock Car foi para um piloto que conhece muito bem todos os atalhos da pista. Rubens Barrichello, “prata da casa” conquistou a posição de honra da prova mais importante do calendário, sete anos depois de sua última pole pela Fórmula 1, justamente em Interlagos.

Entrando no sexto grupo, Barrichello além de uma volta praticamente perfeita, contou um pouco com a sorte, pois após sua volta, a pista esquentou muito, prejudicando os últimos grupos, consequentemente, os ponteiros do campeonato.

O treino

A classificação da Stock Car tem um formato peculiar, são 8 grupos de 4 pilotos que vão para a pista. No início da sessão, a temperatura da pista de Interlagos era de 35ºC, o que prejudica muito os pneus.

O primeiro grupo que foi para a pista fora liderado pelo César Ramos, seguido pelo Felipe Lapenna.

No grupo 2, quem foi muito bem foi Bia Figueiredo, ela assumiu a terceira colocação do geral, ficando atrás apenas de César Ramos e Bebu Girolami.

No terceiro grupo, Júlio Campos assumiu a ponta, fazendo o tempo de 1:39.252.

Entrando pelo quarto grupo, Thiago Camilo conseguiu a segunda colocação, ainda atrás de Júlio Campos, enquanto Sérgio Jimenez fazia a quarta melhor marca. Após fazer a volta, Jimenez acabou escapando na saída do S do Senna e acabou batendo no guard-rail, estragando um pouco seu carro.

Ricardo Maurício, que entrou no grupo cinco, assumiu a ponta, fazendo 1:39.238, sendo apenas 14 milésimos mais rápido que Júlio Campos. O Allam Khodair mostrou que queria brigar pela pole, conseguindo a melhorar a marca, mas Maurício, conseguiu melhorar, com o tempo de 1:39.101.

No sexto grupo, Rubens Barrichello fez 1:38.958, assumindo a liderança e entrando na briga pela pole. No grupo seguinte, conduzido por Cacá Bueno, Daniel Serra e Valdeno Brito, ninguém conseguiu superar o tempo do Barrichello, ficando a decisão para o último grupo.

Max Wilson, Marcos Gomes e Felipe Fraga protagonizaram o último grupo no treino de classificação. A pista estava mais quente que no início e com isso ninguém conseguiu melhorar a volta do Rubinho, que garantiu a pole.

Confira o grid de largada da Corrida do Milhão:

1-) – 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1:38.958
2-) – 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 1:39.101
3-) – 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – 1:39.101
4-) – 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1:39.153
5-) – 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – 1:39.214
6-) – 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – 1:39.252
7-) – 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 1:39.265
😎 – 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – 1:39.289
9-) – 70 Diego Nunes (União Química Racing) – 1:39.350
10-) – 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 1:39.441
11-) – 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – 1:39.488
12-) – 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing – 1:39.531
13-) – 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 1:39.557
14-) – 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – 1:39.589
15-) – 11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) – 1:39.607
16-) – 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1:39.616
17-) – 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – 1:39.635
18-) – 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – 1:39.641
19-) – 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – 1:39.674
20-) – 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – 1:39.730
21-) – 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – 1:39.766
22-) – 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 1:39.817
23-) – 9 Guga Lima (TMG Racing) – 1:39.898
24-) – 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – 1:40.033
25-) – 56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) – 1:40.085
26-) – 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – 1:40.098
27-) – 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – 1:40.153
28-) – 51 Átila Abreu (Shell Racing) – 1:40.302
29-) – 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – 1:40.364

  • Marcelo Vitor

    Kaká Bueno em 12, kkkkk O Galvão deve estar muito orgulhoso.

    • Cadu Nit

      imagine entao qndo ele olhou pra posiçao do popo bueno?! kkkkkkkkk
      [esse popo eh piloto de video game e olhe la]