Piquet Jr. destaca o aprendizado com a equipe apesar de ter dificuldades de visibilidade na chuva

Nelsinho é um dos contemplados com o Fan Push na abertura de sua primeira temporada completa na Stock Car

Em corrida com chuva, tudo pode acontecer. E não foi diferente na Corrida de Duplas que abriu a temporada da Stock Car. Nelsinho Piquet lutou bastante em condições complicadas, conseguiu entregar o carro inteiro ao parceiro Robin Frijns perto da zona de pontuação, mas…

O holandês não deu meia volta em Interlagos e se envolveu numa colisão com Antonio Pizzonia na freada para a Descida do Lago. Uma quebra de suspensão tirou o carro #33 de combate. Para Nelsinho, valeu pelo aprendizado ao menos:

“A corrida foi complicada. O começo até que foi OK, estava tentando ficar seguro na corrida para não ter problemas. As condições estavam muito perigosas, estava embaçado por dentro e não enxergava nada. Infelizmente o Robin se envolveu num acidente, mas foi bom passar pelas dificuldades, é assim que se aprende”.

Frijns comentou que saiu dos boxes com os pneus muito frios e que não teve como evitar o acidente.

“Queria agradecer ao Nelson pelo convite mas infelizmente faltou temperatura nos pneus e não tive aderência para segurar o carro”, comentou Frijns.

Nelsinho foi um dos contemplados com o disparo extra do Fan Push, e agredeceu aos torcedores pelo carinho:

“É muito bom estrear na Stock Car vencendo um prêmio de votação popular e senti antes da largada todo o apoio dos fãs!”

Depois da primeira corrida, Nelsinho agora espera aproveitar a velha parceria retomada com o engenheiro Felipe Vargas para crescer ao longo da primeira temporada completa na principal categoria brasileira.

“O Felipe voltou a trabalhar comigo depois de muitos anos, tem algumas coisas que temos de ajudar. Gostaríamos de ter marcado pontos mas não deu dessa vez…”, finalizou.

Para Nelsinho, agora é pensar na próxima etapa, em Curitiba, dia 8 de abril. Será a primeira rodada dupla que Piquet Jr. vai disputar no ano.