Max Wilson e Júlio Campos vencem em Tarumã, mas Fraga segue líder

Na prova 1, Wilson superou Fraga para vencer e na corrida 2, Júlio Campos adotou uma estratégia melhor e conseguiu a vitória.

Os pilotos Max Wilson e Júlio Campos venceram a etapa de Tarumã da Stock Car, adotando estratégias diferenciadas, os pilotos conseguiram sair do Rio Grande do Sul, com o gostinho da vitória. Felipe Fraga manteve-se na ponta do campeonato e fica cada vez mais favorito para o título inédito.

A corrida

Na largada, Barrichello se manteve à frente de Khodair, e Marcos Gomes também ficou na frente de seu companheiro, Felipe Fraga, e não houve confusão, todos os pilotos se respeitaram muito. Na volta dois, a Bia Figueiredo deu uma escapadinha, perdendo algumas posições.

Um giro depois, usando o botão de ultrapassagem, Khodair superava Barrichello no final da reta dos boxes, assumindo a ponta. Voltas depois Fraga conseguiu ultrapassar o Marcos Gomes e logo na sequência Max Wilson também aproveitou e também superou o atual campeão

Na volta 12, Barrichello também perdia a segunda colocação para Fraga e logo na sequência, para Max Wilson. Até que na volta 14, Alam Khodair teve um problema e foi para os boxes, deixando a liderança com Felipa Fraga.

No giro 17, o Safety Car foi acionado que a equipe de resgate tirasse o carro de Felipe Guimarães que ficou parado em posição perigosa.

No giro 20, a bandeira verde foi acionada novamente, mas as primeiras colocações não foram alteradas. Entretanto, Max Wilson se aproximava cada vez mais de Felipe Fraga.

No início da volta 33, Wilson finalmente conseguiu superar Fraga, assumindo a ponta, enquanto Barrichello em terceiro, um pelotão gigantesco. Até Daniel Serra conseguir superar o piloto do carro 111 na volta 34. Após perder a terceira colocação, Rubinho também perdeu a quarta para Valdeno Brito e Ricardo Mauricio.

No final, Max Wilson conseguiu a vitória, seguido por Fraga e Marcos Gomes. Rubinho na última volta, foi acertado por Rafael Suzuki e acabou quebrando a roda traseira.

Corrida 2

Na corrida 2, Sérgio Jimemez foi o pole ao lado de Lucas Foresti e na largada Jimenez se manteve na frente. Já na segunda volta a maioria dos pilotos foram para os boxes para fazer o reabastecimento e a troca de pneus. Ricardo Maurício se arrastava pela pista, com pneu furado.

Na volta 6, Jimenez também foi para os boxes, deixando Júlio Campos na ponta. O piloto do carro 73, logo que saiu dos boxes, acabou rodando e abandonando a prova.

Na volta 15, Khodair e Camilo superaram o Gabriel Casagrande e assumiram a segunda e terceira colocação respectivamente, porém ainda estavam muito longe do líder Júlio Campos.

Na volta 21, Thiago Camilo superou Khodair e assumiu a segunda colocação.

Nas voltas finais, Camilo se aproximava muito rápido de Júlio Campos e na reta final, o piloto do carro 21 chegou a tentar a emparelhar com o Campos, mas não o suficiente, deixando a vitória com o carro número 4, da equipe C2 Team. Allam Khodair, completou o pódio em terceiro.

 

Confira o resultado da prova 1:

1-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) –
2-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – a 3.599
3-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 12.424
4-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 14.415
5-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 15.029
6-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 18.997
7-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 22.157
8-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team 24.954
9-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 25.603
10-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 27.355
11-) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 30.320
12-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – a 30.978
13-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – a 33.630
14-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 39.495
15-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 1 Lp.
16-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 1 Lp.
17-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 1 Lp.
18-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – a 1 Lp.
19-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 1 Lp.
20-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 3 Lp.
21-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 3 Lp.
22-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 13 Lp.
23-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team 13 Lp.
24-) 66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) – a 23 Lp.
25-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 24 Lp.
26-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – a 24 Lp.
27-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 32 Lp.
28-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – não largou

 

Confira o resultado da prova 2:

1-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing)
2-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 0.216
3-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 3.911
4-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – a 19.021
5-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 19.338
6-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 28.307
7-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 29.312
8-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 32.265
9-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 41.716
10-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 43.146
11-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 45.985
12-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 47.045
13-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 49.602
14-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 53.497
15-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – a 01:00.6
16-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 01:04.0
17-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 01:04.9
18-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team 01:08.4
19-) 66 Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) – a 1 Lp.
20-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 1 Lp.
21-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 1 Lp.
22-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – a 8 Lp.
23-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – a 10 Lp.
24-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – a 10 Lp.
25-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 13 Lp.
26-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 15 Lp.
27-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 19 Lp.