Fraga despacha concorrência e garante a pole em Curvelo, Barrichello é 2º

Tocantinense confirma favoritismo e consegue terceira pole do ano, mas vê Barrichello bem na sua cola.

Felipe Fraga é o líder do campeonato da Stock Car e na estreia do novo circuito em Curvelo, Minas Gerais, o piloto de 21 anos garantiu mais uma pole no ano, mas viu Rubens Barrichello, seu rival direto pelo título largar em segundo. Marcos Gomes ficou com a terceira colocação.

Como foi o treino:

A classificação da Stock Car começou com cerca de uma hora de atraso, por conta dos acidentes que aconteceram no treino livre pela manhã. A equipe de organização fechou a pista para reconstrução de barreira de pneus em volta da pista.

Quando iniciou, no primeiro grupo, Felipe Lapenna, que vinha liderando, acabou perdendo a porca de sua roda traseira direita, que fez o carro rodar e bater de lado no muro de concreto. O muro acabou quebrando, o que provocou a primeira bandeira vermelha do treino.

Quando o treino foi reiniciado, a melhor volta do grupo ainda ficou com o Lapenna.

No segundo grupo, Foresti já tinha superado o tempo do Lapenna.

Bebu Girolami que já tinha liderado treino na sexta-feira, voltou a fazer volta mais rápida do treino. Logo na sequência, Rafael Suzuki bateu de lado na barreira de proteção de pneus e o treino ficou paralisado novamente em bandeira vermelha.

Dois grupos passaram e ninguém tinha conseguido superar o tempo do argentino, Até Khodair entrar na pista e conseguir superar o piloto do carro 63, com um tempo de 1:52.936.

Marcos Gomes entrou na pista e em sua primeira volta rápida, já superou o tempo de Khodair.

No último grupo, que tinha Valdeno Brito, Rubens Barrichello e Felipe Fraga, líder do campeonato. Fraga já na primeira volta rápida assumiu a ponta, deixando Gomes em segundo e Barrichello em terceiro.

Barrichello em sua segunda volta, fez o segundo melhor tempo, enquanto Fraga garantiu a pole position, sua terceira do ano.

Confira o grid de largada para a etapa de Curvelo:

1-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1min51s282
2-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1min51s620
3-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – 1min51s644
4-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – 1min51s878
5-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – 1min51s936
6-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – 1min51s957
7-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – 1min52s021
8-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1min52s060
9-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – 1min52s063
10-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 1min52s131
11-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 1min52s133
12-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 1min52s160
13-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – 1min52s344
14-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – 1min52s368
15-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – 1min52s385
16-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – 1min52s386
17-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – 1min52s399
18-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – 1min52s494
19-) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – 1min52s520
20-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – 1min52s539
21-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 1min52s671
22-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – 1min52s698
23-) 117 Guilherme Salas (RZ Motorsport) – 1min52s701
24-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 1min52s994
25-) 25 Tuka Rocha (RZ Motorsport) – 1min53s009
26-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – 1min53s036
27-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – 1min53s063
28-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – 1min53s396
29-) 99 Xandynho Negrão (Cavaleiro Sports) – 1min53s967