Felipe Fraga e Ricardo Maurício vencem em Curvelo e decisão fica para Interlagos

Barrichello fica sem combustível na reta final da segunda corrida e perde vitória na corrida 2.

A disputa entre Felipe Fraga e Rubens Barrichello segue muito disputada. Na corrida 1, os dois chegaram a brigar pela liderança, mas Fraga acabou vencendo. Na corrida dois, Rubinho arriscou para vencer, mas na reta final da última volta acabou ficando sem combustível e perdeu a vitória e os pontos. Fraga também não conseguiu pontuar, mas aumentou a vantagem para Barrichello.

Ricardo Maurício ficou com a vitória na segunda corrida, seguido por Tuka Rocha e Daniel Serra. A diferença entre Fraga e Barrichello agora é de 37 pontos.

Como foram as corridas:

Na largada, Fraga se manteve a frente, seguido por Barrichello. Marcos Gomes rodou e segurou todo o pelotão na primeira curva. Cacá acabou deixando o motor morrer no meio da pista. Bebeu Giromami perdeu o capô e teve que ir para os boxes.

Felipe Lapenna que largou em 20º, já aparecia em sexto. Vitor Genz e Lucas Foresti também ficaram pelo caminho e o Carro de Segurança foi acionado pela primeira vez.

Na volta 4, a bandeira verde foi dada e Barrichello partiu pra cima de Fraga, assumindo a primeira colocação. Na volta seguinte, com o push to pass, Fraga retomou a ponta.

Rubinho devolveu o push na volta 6 e voltou a ser líder, ele e o Fraga ficaram trocando a liderança, com o uso do botão. No oitavo giro, Marcos Gomes foi pra cima de Barrichello, usando o push e assumiu a segunda posição, deixando Fraga na liderança e mais confortável.

Barrichello ainda perdeu a terceira colocação para Khodair, talvez pensando em pontuar bem nas duas provas e somar o maior número de pontos possível.

Valdeno Brito que também briga pelo título, teve algum toque com outro competidor e teve seu pneu traseiro esquerdo estourado, além da carenagem bastante comprometida.

Depois de economizar um pouco de combustível, Barrichello ultrapassou Khodair e foi em busca de Gomes e Fraga.

Zonta foi excluído da prova por entrar nos boxes depois do fechamento dos boxes.

Fraga venceu a primeira prova, com Marcos Gomes em segundo e Barrichello em terceiro.

Corrida 2

Largando na pole, Diego Nunes tinha como companhia o Gabriel Casagrande e o Júlio Campos e na largada, Diego continuou na ponta, mas em segundo já vinha Júlio Campos. Barrichello que largou em sétimo, já era o quinto.

Átila Abreu conseguiu superar Júlio Campos, assumindo a segunda colocação, enquanto Barrichello se segurava em quinto tentando economizar combustível.

Em duas voltas, Barrichello superou os dois carros da C2, assumindo a terceira colocação. Fraga também conseguiu superar o Casagrande, ficando em quinto.

Alguns carros começaram a ir para os boxes para reabastecer, Fraga e Barrichello seguiram na pista.

Diego Nunes e Átila Abreu foram para os boxes, seguido por Fraga. Barrichello ficou na pista por mais um tempo, assumindo o risco de ficar sem combustível e também a ponta da corrida.

Na segunda colocação estava Ricardo Maurício, seguido por Tuka Rocha. Júlio Campos vinha em segundo, mas abriu passagem para Maurício e Tuka.

Tuka ainda tentou ultrapassar Ricardo Maurício, mas errou o ponto de frenagem e passou direto na curva 1.

Na última curva Barrichello ficou sem combustível e não conseguiu completar a corrida, com isso a vitória ficou com Ricardo Maurício, seguido por Tuka Rocha e Daniel Serra em terceiro.

Confira o resultado da corrida 1:

1-) 88 FelipeFraga (Cimed Racing) – 24 voltas em 47min46s344 (média de 133,2 km/h)
2-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 0s979
3-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 3s614
4-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 5s937
5-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 10s374
6-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 12s906
7-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – a 16s640
8-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – a 20s319
9-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 25s020
10-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 25s606
11-) 117 Guilherme Salas (RZ Motorsport) – a 27s206
12-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 28s470
13-) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 30s636
14-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – a 31s690
15-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 33s816
16-) 0 Cacá Bueno Red Bull Racing) – a 1min01s550
17-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 1min02s533
18-) 25 Tuka Rocha (RZ Motorsport) – a 1min16s172
19-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 1 volta
20-) 99 Xandynho Negrão (Cavaleiro Sports) – a 2 voltas
21-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – a 5 voltas

NÃO COMPLETOU
22-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 17 voltas
23-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 18 voltas
24-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 16 voltas
25-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 8 voltas
26-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 4 voltas
27-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – a 1 volta
28-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 1 volta
29-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – excluído

Confira o resultado da corrida 2:

1-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC ) – 16 voltas em 30min48s889 (média de 137,6)
2-) 25 Tuka Rocha (RZ Motorsport) – a 2s028
3-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 2s775
4-) 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – a 3s413
5-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 3s929
6-) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 5s243
7-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 7s606
8-) 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – a 8s805
9-) 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – a 9s210
10-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 10s252
11-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 12s018
12-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 1 volta
13-) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 1 volta
14-) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 1 volta
15-) 70 Diego Nunes (União Química Racing) – a 1 volta
16-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 1 volta
17-) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – a 1 volta
18-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – a 1 volta
19-) 9 Guga Lima (TMG Racing) – a 1 volta
20-) 117 Guilherme Salas (RZ Motorsport) – a 1 volta
21-) 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 1 volta
22-) 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 1 volta
23-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 2 voltas
24-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 3 voltas
25-) 99 Xandynho Negrão (Cavaleiro Sports) – a 4 voltas

NÃO COMPLETOU
26-) 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – sem tempo
27-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – sem tempo
28-) 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – sem tempo
29-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – sem tempo

MELHOR VOLTA: Marcos Gomes, 1min51s941 (142,1 km/h)