Cimed Racing tem Cacá Bueno no pódio, Marcos Gomes em 4º e Denis Navarro em 5º em Goiânia

Cacá Bueno sobe no pódio com a Cimed Racing em Goiânia ao terminar a corrida 2 na terceira posição; na corrida 1, os destaques foram Marcos Gomes em quarto e Denis Navarro em quinto

A Stock Car terá um campeão inédito em 2017: a penúltima etapa da temporada definiu apenas os dois primeiros colocados com chances de título (Daniel Serra e Thiago Camilo), enquanto os dois últimos campeões (Felipe Fraga e Marcos Gomes) e o maior campeão em atividade (Cacá Bueno) saíram da disputa ao ficar mais de 60 pontos longe do líder. A final será em Interlagos, no próximo dia 10, e consagrará o primeiro título de Serra ou Camilo.

É a primeira vez em três anos que a Cimed Racing não chegará à última etapa com chances de título, mas nem por isso os resultados de Goiânia deixaram de ter destaque: o time colocou três pilotos entre os cinco primeiros nesta rodada dupla, com Cacá chegando em terceiro no pódio da prova 2 e Marcos Gomes chegando em quarto na prova 1, logo à frente de seu companheiro de equipe, Denis Navarro.

“O carro da Cimed Racing estava voando nesta segunda etapa e uma pena ter sido tocado na prova 1, do contrário a pontuação seria fantástica. Em todo caso, foi ótimo terminar o final de semana no pódio. Fiz várias ultrapassagens na pista e isso mostra o quanto nós evoluímos. Uma pena não ter mais uma volta na corrida 2, senão ainda daria para passar o Max (Wilson) e terminar em segundo. Não foi uma vitória, mas saio com uma sensação muito boa pelo nosso desempenho”, diz Cacá, que conquistou seu quarto pódio com a Cimed Racing no ano.

Marcos Gomes também foi um dos grandes nomes do final de semana em Goiânia. Após largar da segunda posição e disputar um lugar no pódio durante todas as voltas, o piloto de Ribeirão Preto acabou em quarto lugar na corrida 1. Na prova 2, Marquinhos vinha para terminar em sexto, mas levou um toque de Rubens Barrichello e acabou de fora da prova na penúltima volta.

“O carro de chassi estava muito competitivo no final de semana todo, o melhor da pista na minha opinião, mas não tínhamos o mesmo desempenho nas retas. Na largada eu tinha pulado bem, mas aos poucos fui engolido pelo pelotão na primeira e na segunda curva. Depois eu fui recuperando posições, passei o Camilo, mas vamos estudar se tínhamos algum problema de arranque. Apesar disso, fico feliz pela evolução do nosso carro em curva e vamos ver se com um motor melhor nós conseguimos um bom resultado em Interlagos para fecharmos bem o ano e pensarmos em 2018”, diz Gomes.

Em seu melhor final de semana com a Cimed Racing no ano, Denis Navarro largou da sétima posição na corrida 1 e terminou na quinta posição, logo atrás de Gomes. “Um quinto lugar na corrida principal vale muito em uma categoria como a Stock Car. Fico feliz em ver a evolução da equipe e do meu carro nessas etapas finais. Infelizmente tivemos uma quebra na segunda corrida, mas tudo já havia ficado complicado depois do drive through que tomei por causa da disputa com o Felix da Costa”, diz Denis.

Para Fraga, a etapa de Goiânia era uma espécie de “match point”: a chance final de chegar a São Paulo a menos de 60 pontos do líder. Mas os resultados ficaram bem abaixo do potencial.

“É uma pena que saímos da disputa aqui em Goiânia: nosso objetivo era chegar ao menos com chances matemáticas em Interlagos, pois em uma corrida única e com pontuação dobrada tudo pode acontecer. Sofri uma punição que considero injusta, mas respeito o trabalho dos comissários e agora vamos lutar para fechar o ano com vitória em São Paulo”, diz Fraga, que em 2016 se consagrou como o mais jovem campeão da Stock Car, com 21 anos.

A Stock Car volta no dia 10 de dezembro com a última etapa da temporada em Interlagos.