Barrichello ganha 20 posições e chega em 4º na abertura da Stock Car

Resultado coloca o piloto da Mobil Super Full Time entre os 10 melhores do campeonato

A primeira etapa da Stock Car de 2017 não foi das mais fáceis para o campeão de 2014, Rubens Barrichello. O piloto da Mobil Super Full Time levou uma pancada na primeira volta da corrida 1, após um acidente envolvendo 7 carros, comprometendo toda a disputa inicial. Na prova 2, Barrichello largou da 24a posição, fez uma corrida no limite durante todas as voltas e, contando com uma estratégia excelente de Maurício Ferreira, chefe de equipe, conseguiu cruzar a linha de chegada na 4a colocação, somando 14 pontos na tabela.

“Goiânia sempre foi boa comigo, e não foi diferente hoje. Na primeira prova, consegui me livrar do pessoal que havia rodado, mas, infelizmente, alguém não conseguiu desviar e encheu a traseira do carro. Optamos acertadamente em parar e arrumar o estrago pensando na corrida 2, e, com um ritmo forte conseguimos voltar em quarto e somar pontos importantes”, comentou Barrichello, que conquistou a sua primeira vitória na STock Car justamente no Autódromo Internacional de Goiânia.

A recuperação da segunda prova foi o destaque também para Ferreira, chefe da Mobil Super Full Time. “Foi bem difícil porque a Stock Car tem esse risco de largar no meio do grid. Não conseguimos completar a primeira volta com a batida forte que tivemos, mas conseguimos arrumar e voltar para a corrida 2 com muitos push to pass e brigarmos por alguns pontos no campeonato. Felizmente, foi o que deu para fazer, e após um acidente na largada, os pontos da segunda prova salvaram o final de semana. Agora, é fazer a lição de casa para voltarmos a largar na frente nas próximas”, descreveu Ferreira.

Concluída a primeira etapa de 2017, o líder é Daniel Serra. Barrichello ocupa a 10a colocação com 14 pontos. A próxima etapa da Stock Car será no Autódromo do Velopark, no Rio Grande do Sul, no dia 23 de Abril.