Testes em Paul Ricard superam expectativas de Bruno Senna

Carro da Rebellion termina em 4º no prólogo da supertemporada do FIA WEC

Os testes iniciais da supertemporada do Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC ultrapassaram as expectativas mais otimistas de Bruno Senna. O brasileiro participou dos ensaios coletivos do fim de semana no circuito francês de Paul Ricard, ao lado dos companheiros Andre Lotterer e Neel Jani, e ficou positivamente surpreso com o desempenho do Oreca-Gibson da Rebellion Racing. “Foi muito melhor do que a gente esperava. O carro andou bem, confiavelmente, e apresentou pouquíssimos problemas”, relatou Bruno, depois de ver o protótipo do time suíço fechar os dois dias de treinos com o 4º melhor tempo.

Bruno Senna (WEC) - Rebellion
Foto: Divulgação

Como esperado, a Toyota – única equipe oficial de fábrica inscrita dentro do novo formato da categoria, cujo calendário será aberto dia 5 de maio nas 6 Horas de Spa-Francorchamps e encerrado somente com as 24 Horas de Le Mans de 2019 – colocou seus dois carros nas primeiras posições. Mas as equipes independentes mostraram sinais de que poderão dar trabalho à casa japonesa. “Fiquei confiante depois do prólogo. Temos ainda bastante trabalho a fazer no acerto, em relação à performance, sistemas, mas o carro está com um comportamento bom e responde às mudanças que estamos fazendo”, elogiou.

A Rebellion Racing ainda fará um teste em Magny-Cours, também na França, antes da primeira etapa na Bélgica. Bruno disse que o ambiente na equipe é de otimismo. “Em termos de ritmo de corrida, estamos bem competitivos comparados com as demais, se as coisas forem mesmo como parecem. Até a Toyota estava razoavelmente parecida com a gente nos long run, e isso é muito legal para a nossa confiança”, avaliou o atual campeão mundial de endurance da divisão LMP2.