Mercedes-Benz Challenge 2017: estreia do novo regulamento esportivo promete ainda mais equilíbrio

A temporada de 2017 do Mercedes-Benz Challenge começa no próximo domingo (2/4) em Goiânia (GO) cercada de grande expectativa. Além de um grid renovado, que terá a presença de oito estreantes entre os 36 pilotos esperados para a prova, a etapa de abertura do calendário traz novidades no regulamento esportivo que prometem deixar o campeonato ainda mais competitivo.

Para este ano, os “pole position” em cada uma das oito provas do calendário receberão um ponto extra, uma iniciativa que visa valorizar ainda mais a disputa pela primeira posição no grid de largada tanto entre os pilotos da CLA AMG Cup, quanto entre os competidores da C 250 Cup. Outras novidades são a introdução do descarte obrigatório do resultado de uma das primeiras sete etapas da temporada e a substituição da pontuação dobrada na última prova pelo acréscimo de 50% ao número de pontos normalmente distribuído a cada corrida.

“Teremos um ano de novidades importantes, que devem deixar ainda mais equilibrado um campeonato que já tinha como principal característica a competitividade”, disse o cearense Adriano Rabelo, vice-campeão do torneio em 2015 e terceiro colocado no ano passado. “Em 2015 perdi o campeonato por oito pontos. No ano passado fiquei a apenas doze pontos do campeão. Passei por pouco do título nas duas oportunidades e acho que esta nova fórmula vai me ajudar a chegar ainda mais perto do meu objetivo. Na atual temporada, vou procurar ter um pouco mais de cautela e ser constante. Minha meta é o título e, por isso, não vou buscar apenas vitórias, mas sim resultados que me permitam somar pontos em todas as corridas. Essa estratégia pode ser decisiva”, acrescentou.

Uma das aguardadas novidades deste início de temporada é a volta ao grid do campeão de 2015, o gaúcho Fernando Júnior. Ausente de praticamente toda a temporada passada em razão da ruptura de um tendão da perna esquerda, ele aprovou as novidades propostas para 2017. E espera, mais uma vez, ser protagonista na disputa pelo título.

“Nós já tínhamos um campeonato extremamente disputado. E, nesse contexto, quando você incrementa ainda mais a disputa por pontos, as coisas só ficam mais interessantes. É sempre bom quando você tem foco em melhorar a disputa, como foi feito agora”, disse o campeão de 2015.

A melhor das expectativas – Em 2015 e 2016 os títulos das duas categorias foram decididos nas voltas finais. Independentemente disso, a percepção dos pilotos é que o novo regulamento pode aumentar ainda mais a competitividade e também vai proporcionar mais emoção ao Mercedes-Benz Challenge.
Entre os que pensam dessa forma, está Carlos Machado, piloto pernambucano radicado na Paraíba. Ele fará neste ano sua estreia no Mercedes-Benz Challenge na categoria C 250 Cup e acredita que chega ao evento em um dos momentos de maior competitividade de sua história. “Tenho uma grande expectativa por esta estreia. Acredito que vai ser um ano muito emocionante”, resume ele. “Ainda vou fazer minha primeira corrida na C 250 Cup. Sei que estou no começo desse novo projeto na minha carreira, mas quero evoluir e, no fim do ano, quem sabe ficar entre os cinco primeiros”, conta Machado.

A programação do final de semana é esta:
Sexta-feira, 31 de março
14h15 – 15h15 – Treino CLA AMG
15h25 – 16h25 – Treino C 250 CUP

Sábado, 1º de abril
10h30 – 11h30 – Treino MB Challenge
15h40 – 16h00 – Classificação CLA AMG
16h10 – 16h30 – Classificação C 250

Domingo, 02 de abril
10h00 – Largada

Confira o calendário 2017
02/04 – Goiânia (GO)
21/05 – Santa Cruz do Sul (RS)
09/07 – Londrina (PR)
06/08 – Velo Città (SP)
10/09 – Local ainda não confirmado
22/10 – Curitiba (PR)
26/11 – Brasília (DF)
10/12 – Interlagos (SP)