Roberval Andrade supera problemas e vence as duas em Interlagos

Piloto da Scania pouco andou nos treinos de sexta e sábado, para enfim comemorar no domingo

Roberval Andrade tem motivos de sobra para comemorar nesse final de semana. O piloto da Scania enfrentou problemas nos treinos de sexta, praticamente não participou da classificação no sábado mas se recuperou plenamente no domingo (27) e dominou as duas provas da Copa Truck, em Interlagos. André Marques em segundo e Luciano Burti completaram os três primeiros na prova um. Na segunda, Burti terminou em segundo e André em terceiro. Com os resultados, o dono do truck #15 lidera a Copa Sudeste, a segunda copa regional da temporada 2018.

“As duas primeiras vitórias do ano justamente em Interlagos e largando do final do grid, o que é bem complicado. Aqui é onde me sinto em casa, com minha família perto, por isso esse resultado de hoje é como um presente. Precisa cair a ficha ainda e vou curtir muito esse momento”, comemorou Roberval.

Já classificado para a Grande Final, que acontecerá em Curitiba em dezembro, André Marques confirmou a boa temporada que vem fazendo com dois pódios na Capital Paulista. “O saldo do final de semana foi positivo. Ficamos tristes pela quebra do Cirino, mas vamos para a luta. Vamos continuar a buscar um resultado melhor na próxima corrida, que será a vitória”, vibrou o dono do Mercedes #77, lamentando a quebra do caminhão de seu companheiro de equipe Wellington Cirino.

O estreante Luciano Burti driblou as dificuldades da primeira etapa e agora ocupa o terceiro posto na Copa Sudeste. “A primeira corrida foi mais difícil, porque tinha muito óleo na pista. Na segunda não, a pista estava mais limpa, e eu comecei a forçar. Nas vezes em que fui lá fora era tudo controlado, estava sempre tentando carregar a velocidade e foi muito legal”, explicou.

“Óbvio (que dá vontade de correr em Curvelo). A gente sempre gosta de disputa mas o caminhão é do Felipe, vou devolver para ele intacto, inteiro, e isso é o que importa”, comemorou o estreante.

A categoria dos pesados volta à pista para a etapa de Curvelo (MG), no próximo dia 10 de junho. Veja como terminaram as provas em Interlagos:

Corrida 1:

  1. 15 Roberval Andrade (Scania) – 12 voltas em 27min08s345
  2. 77 André Marques (Mercedes-Benz) – a 2.318
  3. 8 Luciano Burti (Volkswagen) – a 19.591
  4. 27 Fábio Fogaça (Ford) – a 42.683
  5. 9 Renato Martins (VW MAN) – a 49.530
  6. 13 Witold Ramasauskas (VW MAN) – a 54.382
  7. 5 Adalberto Jardim (Ford) – a 1:33.104
  8. 50 Débora Rodrigues (Volkswagen) – a 1:33.521
  9. 30 Rogério Castro (Volkswagen) – a 1:42.080
  10. 11 Rodrigo Belinati (Volkswagen) – a 1 volta
  11. 333 Alex Fabiano GG (Mercedes-Benz) – a 1 volta

Não completaram 75% da prova:

  1. 88 Beto Monteiro (Iveco)
  2. 72 Djalma Fogaça (Ford)
  3. 38 Alan Chanoski (Mercedes-Benz)
  4. 6 Wellington Cirino (Mercedes-Benz)
  5. 28 Danilo Dirani (Scania)

 

Corrida 2:

  1. 15 Roberval Andrade (Scania) – 10 voltas em 22:36,528
  2. 8 Luciano Burti (Volkswagen) – a 1.853
  3. 77 André Marques (Mercedes-Benz) – a 3.280
  4. 9 Renato Martins (VW MAN) – a 20.352
  5. 27 Fábio Fogaça (Ford) – a 22.783
  6. 13 Witold Ramasauskas (VW MAN) – 30.474
  7. 30 Rogério Castro (Volkswagen) – 51.501
  8. 333 Alex Fabiano GG (Mercedes-Benz) – 1:10.046
  9. 11 Rodrigo Belinati (Volkswagen) – 1:12.853

Não completou 75% da prova:

  1. 38 Alan Chanoski (Mercedes-Benz)

 

Classificação da Copa Sudeste:

  1. Roberval Andrade – 40
  2. André Marques – 34
  3. Luciano Burti – 34
  4. Fábio Fogaça – 27
  5. Renato Martins – 27
  6. Witold Ramasauskas – 24
  7. Rogério Castro – 22
  8. Rodrigo Belinati – 17
  9. Alex Fabiano GG – 17
  10. Adalberto Jardim – 12
  11. Débora Rodrigues – 11
  12. Alan Chanoski – 0
  13. Wellington Cirino – 0
  14. Beto Monteiro – 0
  15. Djalma Fogaça – 0
  16. Danilo Dirani – 0