Sérgio Sette Câmara reage à punição recebida no Azerbaijão

A quarta etapa do Campeonato Mundial de F2 foi disputada neste domingo (29) e teve o brasileiro Sérgio Sette Câmara (YOUSE | Banco BMG | MRV | CCR | CEMIG | GASMIG | Usiminas) subindo ao pódio em um comemorado segundo lugar.

Após a bandeirada final, na volta de retorno dos pilotos para os boxes, o carro #18 da equipe Carlin apresentou um problema que o fez parar no meio da pista. Sem saber exatamente o que tinha acontecido Sette Câmara abandonou seu carro e, em um veículo da organização, seguiu para o pódio.

Cerca de duas horas após o fim da corrida a equipe Carlin foi informada que, por falta da quantidade mínima de combustível o carro de Sette Câmara estava desclassificado da prova. Segundo o regulamento técnico da competição todos os carros devem finalizar as atividades com no mínimo 800ml de combustível para conferência dos oficiais.

Sendo assim Sérgio perdeu os 12 pontos conquistados com a segunda posição e, com isso, caiu para o terceiro lugar no Campeonato com 40 pontos, apenas um atrás do vice-líder, Alexander Albon. Lando Noris lidera a tabela com 55 pontos.

“Hoje conquistamos um importante segundo lugar e 12 pontos muito suados para o Campeonato. Infelizmente, por um engano nos cálculos da equipe, fomos desclassificados por não ter a quantidade mínima de combustível. É frustrante porque no final do campeonato o piloto é julgado por sua posição na tabela de pontos. Ninguém se lembra do que aconteceu em cada corrida. A tabela de pontos não perdoa e caí para terceiro no Campeonato, com 15 pontos de desvantagem para a liderança. Vou me manter focado para a etapa de Barcelona, daqui a duas semanas. Faltam 20 etapas para o fim do Campeonato e nosso carro já provou ser muito rápido e confiável”, explicou o piloto brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *