Depois de atitudes antidesportivas, Haas deve resolver futuro de Ferrucci esta semana

A vaga do piloto de desenvolvimento da Haas, Santino Ferrucci, está ameaçada depois de ser punido com quatro corridas na Fórmula 2 por comportamento antidesportivo em Silverstone.

Ferrucci foi punido e ficará proibido de correr durante quatro corridas, além de uma multa de € 60.000 por colidir deliberadamente com seu companheiro de equipe na Trident, Arjun Maini, depois da ‘Sprint Race’ em Silverstone.

Maini disse pelo rádio: “Há algo errado com o cérebro do meu companheiro de equipe.”

Mais tarde, Ferrucci entrou no Twitter do Maini, respondendo a um tweet sobre os rádios de Maini.

“Diz o que chora no rádio. Eu acabei de fazer meu teste de antidoping, então estou bem, claro”, escreveu ele.

“Talvez se eles mostrassem o que você fez comigo durante a corrida, mais pessoas entenderiam.”

A Trident não entendeu e colocou a culpa firmemente sobre Ferruci.

A equipe disse: “A Trident pretende mostrar sua solidariedade e apoio a Arjun Maini e sua família, pelo comportamento antidesportivo e, acima de tudo, incivilizado que ele foi forçado a suportar não apenas durante o último fim de semana por Santino Ferrucci e pai, que o acompanhava”, dizia a nota.

“As implicações contratuais do que aconteceu serão tratadas por nossos advogados. Nunca nestes 12 anos de atividade esportiva ocorreu algo parecido com isso. Pedimos desculpas pelo ocorrido”.

Santino Ferrucci - Trident - F2
Foto: FIA F2

No entanto, não é apenas o seu lugar na Trident, também está sob ameaça sua vaga na Haas, que emprega Ferrucci como seu piloto de desenvolvimento, pronto para analisar o assunto esta semana.

“Estou ciente disso, eu vi o incidente na TV. Quando eles mostraram a corrida”, disse o chefe da equipe Haas, Guenther Steiner, ao ‘Motorsport’ no domingo de manhã.

“Fiquei sabendo que há alguns problemas, mas eu disse que não vou lidar com eles hoje”.

“Eu vou lidar com isso durante a semana, quando tiver mais informações.

“Eu já vi, estou ciente disso, mas no momento não tenho informações suficientes para tomar uma decisão [sobre seu futuro com Haas]”, completou Guenther Steiner.

 

VEJA MAIS SOBRE O ASSUNTO:

Santino Ferrucci emite pedido de desculpas pelas ações em Silverstone

Ferrucci bate no companheiro de equipe após a corrida e é banido das duas próximas etapas da F2