Felipe Drugovich vence pela 4ª vez no Alemão de F4

Mais uma vitória de ponta a ponta, mas que valeu só a metade dos pontos já que a prova foi interrompida depois de 7 voltas pelo acidente de Cédric Piro

“Foi uma pena que a prova não foi até o final, porque estava sendo uma corrida espetacular,” disse Felipe. “Larguei muito bem e posso dizer que fiquei muito contente com o resultado” confirmou o brasileiro que mais venceu este ano no automobilismo internacional.

“É que com a interrupção só valeram metade dos pontos, mas foi importante mostrar um bom desempenho e vencer na 2a prova, a 1a do domingo, logo depois da corrida de sábado que foi muito frustrante” continuou Drugovich falando sobre ter sido jogado para fora pelo sul africano Jonathan Aberdein logo na primeira volta. Isso significava largar lá atrás na 3ª corrida, a 2ª do domingo que usa como grid o resultado invertido dos 10 primeiros colocados da Prova 1.

Mesmo largando em 16º, o paranaense fez uma belíssima corrida e terminou em 9º pra chegar aos 157.5 pontos e manter a terceira colocação no Campeonato. Em 3º lugar nessa 3ª prova do final de semana chegou outro brasileiro, Enzo Fittipaldi que normalmente disputa o italiano da categoria e disputava esta data na Alemanha.

Felipe Drugovich ainda é, também, o piloto que mais liderou este ano no Alemão da F4 com 62 voltas, contra 55 voltas de Armstrong que venceu essa 3ª prova.

O próximo encontro está marcado para Sachsenring na metade do mês de Setembro.