Carlos Cunha Filho testa carro novo da categoria Pro Mazda

Piloto brasileiro foi o primeiro a andar com o novo monoposto da Pro Mazda no circuito particular Autobahn

O brasileiro Carlos Cunha Filho, terceiro colocado em 2017 na Pro Mazda, categoria de acesso à Fórmula Indy completou nesta sexta-feira (6) dois dias de testes com o novo carro da categoria que vem substituir o antigo chassi Tatuus italiano que há mais de dez anos é utilizado em categorias de base norte-americanas. Depois de terminar a temporada em terceiro com seis pódios, uma pole position e uma melhor volta, Cunha Filho volta aos trabalhos de pista ao lado do também brasileiro e campeão da Pro Mazda em 2017, Victor Franzoni. A equipe Juncos Racing colocou o novo carro para o teste com os dois pilotos que se destacaram na temporada. Franzoni com o prêmio merecido de quase US$ 800.000 vai para a Indy Lights na temporada que vem pela mesma equipe do argentino Ricardo Juncos e Cunha Filho deverá continuar na Pro Mazda e ainda em conversa com equipes de ponta.

“O carro mudou muito, é mais rápido e bem melhor nas curvas e freia muito. Com a ajuda do Victor (Franzoni) conseguimos definir vários pontos de acertos para serem explorados. O bom de tudo é que começamos a trabalhar o carro antes de todo mundo e me senti muito bem guiando um carro mais forte”, conta Carlos Cunha Filho, que tem boa experiência com carros mais fortes como o Fórmula 3 sul-americano. A semelhança com um Fórmula 3 europeu é natural com o monoposto de última geração construído com o chassi italiano Tatuus e motor Mazda 2 litros, o MZR-PM18A de 275 cavalos. A preparação do motor Mazda é feita em Indianápolis na Elite Engines, empresa do ex-piloto Steve Knapp. Completa o conjunto mecânico o câmbio sequencial de seis velocidades da Magneti Marelli.

Foram dois dias de testes que deram oportunidade de um encontro de três nomes que representam a nova geração de pilotos brasileiros no automobilismo norte-americano com certa responsabilidade em refazer uma presença histórica de pilotos brasileiros nas décadas de 80, 90 e 2000. Na foto em anexo, Bruna Tomaselli, fechada na USF2000, Carlos Cunha Filho na Pro Mazda e Victor Franzoni na Indy Lights.

Alguns brasileiros que fizeram história na Fórmula Indy. Entre mais de 20 nomes destaque para: Emerson Fittipaldi, Gil de Ferran, Raul Boesel, Maurício Gugelmin, Roberto Moreno, Christian Fittipaldi, Cristiano da Matta, Bruno Junqueira, André Ribeiro, Toni Kanaan, Hélio Castroneves, Gualter Salles e Victor Meira.