Negri chegou em 5º na prova da ALMS

Oswaldo Negri Jr., comemorou muito o resultado obtido ontem na prova de Trois-Rivieres, da American Le Mans Series. Negri e Bader estavam com dificuldades em encontrar o melhor acerto para o Porsche 911 GT3RS (classe GT), para o traçado canadense.

No warm-up a equipe arriscou alguns ajustes, e os resultados surtiram excelente efeito na dirigibilidade do carro. A tendência a sair de frente foi bastante atenuada, permitindo um contorno de curva mais veloz à dupla.

“Viramos o 5º tempo no warm-up. As mudancas feitas foram para melhor. Como de manhã estava um pouco mais fresco, conseguimos marcar um tempo ainda melhor que o da classificação”, contou Negri.

A largada coube ao norte-americano Scott Bader, que partiu da 8ª posição na classe GT (21º no geral). Após quarenta e cinco minutos de prova Negri substituiu Bader. O brasileiro pegou o carro na nona colocação, e conseguiu avançar até o quinto lugar.

“O Scott largou muito bem e controlou bem o desgaste dos pneus Dunlop. Depois de 45 minutos assumi a direção e consegui levar o carro até a quinta posição”, falou Negri. “Andei 1h35m. O calor estava muito forte, e nossos pneus começaram a deteriorar. Foi nesta condição que o Bader pegou o carro para a parte final da prova”, disse ainda Negri.

No final a dupla conseguiu um excelente quinto lugar, e ficaram muito contentes com o resultado. A vitória na classificação geral ficou com o Audi R8 de Frank Biela/ Marco Werner (classe LMP900), que havia largado na pole position. Em segundo lugar chegou o outro Audi, de Johnny Herbert/ J.J Letho, a 55s503 dos vencedores.

Olivier Beretta/ David Saelens (Panoz LMP01/EPP) completaram o pódio. Na classe GTS a vitória ficou com o Corvete de Oliver Gavin/ Kelly Collins (4º no geral). O pole na classe GT, Sacha Maassen e Lukas Luhr (Porsche 911 GT3 RS), conquistaram também a vitória na classe (9º no geral).

A vitória na classe LMP675 foi do Lola EX257/AER de Jon Field/ Duncan Dayton (10º no geral).

Resultado final do Grand Prix de Trois-Rivieres:

1 Biela / Werner (LMP900) 169 voltas em 3h06m726s Audi R8

2 Herbert / Lehto (LMP900) a 55s503 Audi R8

3 Beretta / Saelens (LMP900) a 5 voltas Panoz LMP01/EPP

4 Gavin / Collins (GTS) a 7 voltas Chevrolet Corvette C5-R

5 Fellows / O’Connell (GTS) a 3s546 Chevrolet Corvette C5-R

6 Jeannette / Maxwell (LMP900) a 23s139 Panoz LMP01/EPP

7 Lewis / Drissi (LMP900) a 10 voltas R & S MK III C/Lincoln

8 Naspetti / Schiattarella (GTS) a 12 voltas Ferrari 550 Maranello

9 Maassen / Luhr (GT) a 13 voltas Porsche 911 GT3 RS

10 Jon Field / Dayton (LMP675) a 15 voltas Lola EX257/AER

11 C. Field / Durand (LMP900) a 22s494 Lola B2K/10/MG

12 Kelleners / Lazzaro (GT) a 16 voltas Ferrari 360 Modena

13 Magnussen / Brabham (GTS) a 17 voltas Ferrari 550 Maranello

14 Lewis / Borcheller (GT) a 18 voltas Ferrari 360 Modena

15 Pumpelly / Lally (GT) a 24 voltas Porsche 911 GT3 RS

16 Negri / Bader (GT) a 15s748 Porsche 911 GT3 RS

17 Workman / Paterson (LMP675) a 36 voltas Lola B2K/40/Nissan

18 Baron / Lieb (GT) a 38 voltas Porsche 911 GT3 RS

19 Kox / Enge (GTS) a 54 voltas Ferrari 550 Maranello

20 Gleason/ Bunting (GT) a 62 voltas Porsche 911 GT3 RS