Martin Truex Jr. vence etapa de Watkins Glen

Martin Truex Jr. conquistou sua quarta vitória no ano neste domingo pela 22ª etapa da NASCAR Cup Series no circuito misto de Watkins Glen.

A pista de Watkins Glen famosa por corridas de Fórmula 1 e Indy contou neste domingo com os carros da NASCAR Cup Series. A prova começou com o pole-position, Kyle Busch, mantendo a dianteira nos metros iniciais após a largada. Enquanto isso, Kyle Larson apareceu em segundo lugar, na frente de Martin Truex Jr. O grupo dos cinco melhores ainda contava com os carros de Chase Elliott e Erik Jones.

Completadas a primeira volta, Busch seguia na ponta, mas Larson passou a ser pressionado por Truex Jr. que vinha em terceiro, logo ele conseguiu ultrapassar no complemento da segunda volta, assumindo a segunda posição. Elliott também o passou e conseguiu superá-lo quatro giros mais tarde, mesmo com o carro mais veloz.

Com melhor ritmo de prova, Kyle seguiu na liderança da corrida, sempre aumentando a vantagem para Truex Jr. Na volta número 10, quem passou a se destacar foi Brad Keselowski pressionando Erik Jones, que segurava dos ataques do piloto até o giro 16, quando acabou superado.

Com 18 voltas, começou o primeiro pitstop da corrida, com Daniel Suárez e Matt Kenseth como os primeiros pilotos a efetuarem suas trocas. Na pista, Kyle Busch seguiu para uma vitória tranquila na primeira fase da corrida, encerrada na 20ª volta. O piloto do carro 18 foi seguido por Martin Truex Jr., já Chase Elliott, Kyle Larson e Brad Keselowski figurando como os cinco primeiros colocados neste momento da prova.

Após a parada, Elliott assumiu a liderança da corrida, seguido por Larson, Jamie McMurray, Daniel Suárez e Jimmie Johnson. Kyle Busch teve um pitstop desastroso e perdeu posições.

A relargada foi acionada na volta 25 com Larson atacando Elliott. O piloto acabou saindo da pista e caiu para a quarta posição. Não demorou muito, Larson e McMurray foram aos boxes, e o piloto do carro número #1 teve problemas na troca de um dos pneus. Elliott fez sua troca e o reabastecimento na volta 32, cedendo a liderança da corrida para Suárez.

Depois de relargar somente na 27ª posição, Kyle Busch já aparecia em 14º no complemento da volta 34 numa boa prova de recuperação. Truex Jr. passou a pressionar Kenseth e ultrapassar alguns metros depois. Martin até tentou nas duas voltas finais vencer o segmento, mas viu o mexicano Suárez suportar a pressão e garantir a vitória na segunda fase da corrida. Já Kenseth, Ryan Blaney e Jones completaram o grupo dos cinco melhores ao final da volta 40. Os cinco mantiveram suas posições depois de suas paradas nos boxes.
A prova recomeçou na volta 45, com Martin Truex Jr. liderando ao superar Suárez. O mexicano também perdeu posições para os carros de Blaney, que pulou de quarto para o segundo lugar. Kyle Busch e Brad Keselowski se tocaram e ambos rodaram. O piloto da equipe Joe Gibbs foi aos boxes no mesmo giro colocar quatro pneus novos, enquanto o representante da Penske parou na volta 50.

Truex Jr. ampliou sua vantagem sobre Blaney, mas Landon Cassill errou e veio a primeira bandeira amarela devido um pneu furado do carro do competidor. Com a pausa, então muitos pilotos se dirigiram aos boxes, e Kevin Harvick atingiu o carro de Brett Moffitt, que chegava ao pitstop.

Brad Keselowski foi para ponta, após trocar os compostos e reabastecer ainda na volta número 50. A relargada foi na volta 55, com Brad mantendo a liderança, seguido de perto por McMurray, que superou Clint Bowyer. Na volta seguinte, Danica Patrick rodou depois de um toque de Kyle Busch, mas a corrida em Watkins Glen estava sob bandeira verde.

A corrida mudou seu panorama após Truex Jr. agressivo e arrojado passou pelos três primeiros colocados ao assumir novamente a primeira colocação na volta 61. O piloto logo abriu vantagem sobre os rivais. Na volta 67, Kyle Busch passou a ocupar a oitava colocação em boa prova de recuperação. Mas a fase final da corrida em Watkins Glen prometia um bom duelo entre Brad Keselowski lutando pela vitória com Martin Truex Jr. e retomou a liderança da prova.

Os pilotos nesta fase se preocupavam com relação ao consumo de combustível. Kasey Kahne e Chase Elliott fizeram seus pit-stops. Ryan Blaney superou Truex Jr. para assumir a segunda posição restando oito voltas para o final.

Na volta número 84, Kyle Busch com incrível performance já figurava em quarto lugar, ao passar por Clint Bowyer, mas teve que ir aos boxes pouco depois. Keselwoski ampliou sua vantagem para quase sete segundos, mas teve que visitar os boxes restando três giros para o final. O piloto ainda foi punido por excesso de velocidade ao sair do pit-stop.

Ryan Blaney foi aos boxes na passagem seguinte, e a primeira colocação foi herdada por Truex Jr. que passou a ser fortemente pressionado por Matt Kenseth. O piloto ficou colado na traseira do carro de Truex Jr. que suportou a pressão e então ele seguiu cruzar e receber a bandeira quadriculada para vencer a corrida pela quarta vez no ano.

O campeonato da NASCAR Cup Series tem como líder o vencedor da última etapa, Martin Truex Jr., somando 881 pontos, na segunda colocação está Kyle Busch marcando 765 e na terceira posição da tabela aparece Kyle Larson com 759 pontos.

A próxima etapa será no próximo domingo, dia 13 de agosto, no oval de Michigan.