Zarco desculpa-se com Pedrosa: “Meu ritmo de corrida era melhor”

Johann Zarco diz que sente muito por ter provocado a queda de Dani Pedrosa na volta de abertura do GP da Argentina da MotoGP no final de semana passado.

Pedrosa foi uma das primeiras baixas no Autódromo Termas de Rio Honda, pois foi vítima de uma queda na Curva 13, na luta com Zarco pela terceira posição.

Enquanto os dois não fizeram contato, o movimento de Zarco colocou Pedrosa em uma parte da pista que estava fora da linha de corrida e ainda estava molhada, dando a ele poucas chances de ficar em pé com sua Honda.

Zarco explicou depois que ele não queria permitir que o líder inicial Jack Miller e Marc Marquez, que mais tarde foi penalizado, escapassem.

“Marc e Jack estavam na frente e Dani estava na terceira posição e eu senti que tinha um ritmo melhor e não queria perder esse ritmo de Jack e Marc”, disse Zarco. “Com essas condições complicadas, tentei fazer isso na Curva 13.

“Havia uma linha boa, para a tempo de volta, e outra linha dentro que estava seca, então pude tentar a manobra. Eu tomei a decisão e fui longe para pelo menos ultrapassar Dani, mesmo que eu fosse perder algumas posições porque o Alex (Rins) imediatamente me ultrapassou. Dani caiu, me desculpo por ele.

“As ‘machas’ molhados do lado de fora, sabíamos que estavam lá, mas se você quiser ultrapassar você tem que tentar. Quando eu fiz isso, meu lugar estava seco e eu nem sequer toquei nele”.

Pedrosa vai fazer uma exame para avaliar uma possível fratura do escafoide direito. “Não há muito a fizer sobre a corrida”, disse Pedrosa em comunicado. “Minha corrida terminou antes da primeira volta. A direção de corrida precisa cuidar da segurança de todos os pilotos. Neste momento tenho muita for no meu pulso direito.”