Queda tirou vitória de Lorenzo no GP de San Marino

Jorge Lorenzo acredita que ele teria “aberto vantagem” no Grande Prêmio de San Marino se ele não tivesse caído, o que atribuiu à falta de concentração ao tentar mudar as configurações da moto.

Lorenzo subiu de quinto para primeiro com a pista molhada em Misano, e rapidamente começou abrir vantagem do pelotão que o perseguia.

Ele liderava Danilo Petrucci e Marc Marquez por 4.5 segundos depois de seis voltas, mas na Curva 6 ele acabou caindo e abandonando

O espanhol culpou sua queda por uma distração ao mudar o mapeamento eletrônico em sua Desmosedici GP.17, enquanto sentia que estava à caminho de dominar toda a corrida.

“Lamentou sobre o meu acidente”, disse Lorenzo.

Veja a queda do espanhol:

Jorge Lorenzo (Ducatti) - GP de San Marino - MotoGP
Foto: AFP/ MARCO BERTORELLO

“A motor estava indo muito bem e eu estava andando muito calmamente, sem correr muitos riscos e tentando gerenciar bem os pneus.

“Infelizmente, em certo ponto, perdi a concentração tentando mudar o mapeamento para uma configuração eletrônica diferente.

“Eu usei o freio traseiro de uma maneira um pouco diferente e isso foi o suficiente para levantar um pouco e me fazer cair.

“Estou muito desapontado com isso, porque acho que poderia ter vencido a corrida por uma boa distância, e em vez disso, tive que abandonar.

“As corridas são assim, e você precisa aceitar que essas coisas podem acontecer”.

Lorenzo ocupa a nona posição no campeonato deste ano.