Próximo de vencer contrato, Rossi avisa: “Só continuo se for por mais dois anos”

O eneacampeão Mundial da MotoGP Valentino Rossi rejeita correr apenas por mais uma temporada, e pede um contrato de no mínimo dois anos para continuar pilotando.

Entendendo que seu contrato com a Yamaha termina no final deste ano, Rossi, 36 anos, parece estar disposto a permanecer por mais dois anos na MotoGP. Apesar da sua idade, o italiano não vê dificuldades e em entrevista à emissora ‘Sky Itália’, ele reforçou a ideia:

“No final de 2016 o meu contrato chega ao fim e terei que decidir se continuo por mais dois anos. Todos os contratos são assim, então se eu continuar, será por mais duas temporadas”.

A MotoGP abre a temporada no circuito internacional de Losail, no Qatar, dia 20 de março.