MotoGP prepara atualizações técnicas e aero-regulatórias em breve

A Comissão da MotoGP, composta pelo Presidente da Dorna (Carmelo Ezpeleta) e o Diretor de Tecnologia (Corrado Cecchinelli) entre outros diretores, se reuniu em Assen na última semana, para tomar decisões sobre as novas Diretrizes Técnicas da temporada de 2019.

Segundo os responsáveis, para facilitar a aplicação mais rigorosa do espírito dos regulamentos, existem duas áreas técnicas cruciais para o trabalho: atualizações técnicas e aero-regulatórias.

Foi acordado um novo e mais robusto esquema unificado de ligações CAN para as máquinas da MotoGP e algumas limitações impostas à troca de informações entre os vários dispositivos CAN e a ECU (módulo de injeção).

De acordo com o grupo de trabalho, isso juntamente com uma plataforma inercial unificada, representa um avanço considerável na segurança eletrônica.

Além disso, diretrizes de projeto de corpo aerodinâmico foram liberadas pelo Diretor Técnico e foram introduzidos novos limites de dimensão de corpo aerodinâmico e limitações na combinação de diferentes peças.

Como resultado, os designs atuais ainda serão permitidos, mas não será possível remover/trocar peças aerodinâmicas significativas. Somado a isso, o processo de aprovação das novas peças segue baseando-se no histórico das equipes das temporadas anteriores.