Marc Marquez crava a pole-position do GP das Américas

Marc Marquez conquistou sua quarta pole-position consecutiva no Circuito das Américas e a 32ª da sua carreira na MotoGP depois de bater Jorge Lorenzo no treino classificatório.

Lorenzo inicialmente foi mais rápido na sessão de 15 minutos com um tempo de 2:03.613 antes de Marquez responder com uma volta em 2:03.188.

Lorenzo ficou a 0,069s do tempo de Marquez, mas não conseguiu alcançar seu rival da Honda, que assegurou a pole, três anos depois de vencer pela primeira vez na classe principal.

Valentino Rossi completará a primeira fila do grid depois de classificar-se em terceiro, quase meio segundo atrás de Marquez.

Andrea Iannone classificou-se em quarto lugar, mas será rebaixado à sétimo como resultado de uma punição que ele recebeu por colidir com seu companheiro de Ducati, Andrea Dovizioso, na Argentina.

Maverick Viñales, da Suzuki, então subiu para a quarta posição no grid, à frente de Cal Crutchlow, da LCR, e da Ducati de Andrea Dovizioso, que alinhará à frente de Iannone.

Dani Pedrosa foi oitavo pela Honda, à frente de Aleix Espargaró, que teve que conseguir uma vaga no Q2 durante a primeira sessão classificatória antes de ficar em nono pela Suzuki.

Scott Redding foi 10º pela Pramac, na frente do compatriota Bradley Smith e Loris Baz, da Avintia.

Pol Espargaró não conseguiu passar para o Q2 por apenas 0,018s e classificou-se na 13ª posição, enquanto Héctor Barberá destruiu sua última volta depois de encontrar a Aprilia rival de Álvaro Bautista.

Eugene Laverty foi 15º, à frente de Stefan Bradl e Michele Pirro, que bateu na freada para a Curva 1, mas conseguiu voltar para os boxes.

Yonny Hernandez foi o 18º, na frente do já mencionado Bautista e novato Tito Rabat, que foi meio segundo mais lento do que o resto do pelotão.

Jack Miller, companheiro de Rabat, não participa do evento deste fim de semana por conta de uma fratura no seu pé direito, que sofreu na sexta-feira, reduzindo o grid para 20 pilotos.

O GP das Américas será realizado neste domingo às 16h (horário de Brasília).