Ducati dá recado para Danilo Petrucci procurar vaga em outra equipe de fábrica

O diretor-esportivo da Ducati, Paolo Ciabatti, disse que o piloto da Pramac, Danilo Petrucci, deve ser “inteligente” e procurar uma vaga em outra equipe de fábrica para a temporada de 2019.

Petrucci revelou no mês passado que a temporada de 2018 seria sua última com a equipe satélite Pramac, em meio a rumores de que a equipe está se preparando para assinar com o piloto da Moto2, Francesco Bagnaia, para a próxima temporada.

Ele também revelou que a Ducati tem uma opção, que expira em junho, para promovê-lo para sua equipe de fábrica.

Mas a prioridade do fabricante é manter sua dupla atual: Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso, cujos contratos atuais expiram no final do ano.

Petrucci é inflexível que ele quer subir para uma equipe de fábrica em 2019, e Ciabatti disse que o piloto de 27 anos deve concentrar seus esforços fora da Ducati – com Aprilia considerada uma opção provável.

“O objetivo da Ducati é manter nossos pilotos oficiais atuais”, disse Ciabatti à revista britânica ‘Autosport’. “Nós fizemos um investimento com Andrea e Jorge e temos que tentar renovar com ambos. Danilo deve ser inteligente para ir e encontrar uma equipe de fábrica (de alternativa)”.

“Seu programa com Pramac termina este ano e acho que ele é um piloto adequado para uma estrutura oficial. É normal que ele queira mais dinheiro e, nesse sentido, tudo está relacionado com a assinatura com um fabricante, seja esse nosso ou outro”.

Petrucci teve sua temporada de MotoGP mais forte até o momento em 2017, marcando quatro pódios e terminando em oitavo na classificação, em segundo lugar atrás apenas de Johann Zarco, da Tech3 Yamaha, entre os pilotos de equipes privadas.

A Aprilia fez um esforço para atrair Petrucci na temporada passada para substituir Sam Lowes, mas acabou assinando com Scott Redding para se juntar ao Aleix Espargaro em 2018.