Dovizioso diz que pontos fracos da Ducati são “muito grandes” e Honda “parece superior”

Andrea Dovizioso, líder do campeonato da MotoGP, diz que a recente corrida de Austin confirmou que, os aspectos negativos da Ducati continuam “muito grandes”.

Depois de vencer na abertura da temporada no Catar, Dovizioso teve duas rodadas discretas, terminando em sexto no GP da Argentina e depois em quinto no Circuito das Américas. O piloto reclamou que a pista de Austin, não se adequava à sua moto durante o fim de semana.

“Confirmamos que o nosso ponto negativo ainda é muito grande. No final eu tirei o máximo, nós já sabíamos antes da corrida que não poderíamos ser rápidos nesta pista. Ainda não somos tão competitivos quanto nossos adversários no meio da curva. E eu esperava isso”, disse o italiano sobre a corrida de Austin.

Ele acrescentou: “A Honda parece superior. No inverno eles conseguiram melhorar ainda mais e é por isso que todos os pilotos da Honda ficaram mais fortes, enquanto nós não conseguimos fazer o suficiente nas pistas onde temos problemas. Eu estava esperando por mais na Argentina e na América”, detalhou o piloto.

Dovizioso detém uma vantagem de um ponto, sobre Marc Márquez da Honda, na classificação. Mas ele se diz satisfeito por estar em uma posição mais forte, depois das três primeiras corridas, em relação ao ano passado.

“O campeonato é muito próximo, então não é importante, mas no final significa que administramos as três corridas de uma maneira boa. Não de uma maneira perfeita, mas de um jeito bom”, respondeu Andrea Dovizioso.