Diagnosticado com síndrome de Gilbert, Folger desiste da temporada 2018 da MotoGP

O piloto da Tech 3 Yamaha, Jonas Folger, não participará da temporada 2018 da MotoGP, na luta pela sua recuperação física e mental depois de ter sido diagnosticado com a síndrome de Gilbert.

Folger subiu para a categoria máxima da MotoGP com a Tech 3 em 2017 e marcou pontos no início, além de uma disputa com Marc Marquez em casa, na Alemanha, onde acabou terminando em segundo lugar.

Folger abandonou o GP da Inglaterra depois de um acidente durante os treinos e terminou apenas em 16º em Aragão, com outra queda considerável.

Ele viajou para o Japão, mas acabou sentindo-se mal e voltou para a Alemanha onde realizou diversas verificações médicas.

Após os testes, Folger foi diagnosticado com a Síndrome de Gilbert, que tem sido uma condição que ele enfrenta há alguns anos e que afeta entre dois a cinco por cento da população mundial.

Apesar de “uma completa desintoxicação e limpeza do corpo”, Folger não está recuperado o suficiente para retornar à ação, e se afastará na próxima temporada.

“Estou incrivelmente triste em dizer isso, mas não irei competir na MotoGP em 2018”, disse Folger.

“Eu não consegui fazer as melhorias que eu estava esperando e, nesta fase, não me sinto capaz de pilotar uma máquina da MotoGP 100 por cento.

“Gostaria de agradecer a todos os envolvidos, mas especialmente a equipe Monster Yamaha Tech 3, Yamaha Factory Japan, Monster Energy, HJC, IXON, Forma Boots e Rudy Project.

“Espero voltar um dia e quero agradecer a todos pelo seu apoio contínuo”.

O chefe da equipe da Tech 3, Hervé Poncharal, foi informado da decisão de Folger e inicialmente “não conseguia acreditar” na situação.

“Recebi uma chamada de Bob Moore, gerente pessoal de Jonas Folger”, disse Poncharal.

“Eu não podia acreditar no que Bob estava me contando no telefone, que Jonas Folger decidiu não competir na temporada de 2018 da MotoGP, porque ele não se sente 100% mentalmente e fisicamente.

“Ainda é muito difícil para mim acreditar, que ele não vai competir conosco em 2018, especialmente porque ele é alguém em quem eu tinha muita fé e tinha certeza de que alcançaríamos o melhor nível este ano.

“Repeito completamente sua decisão, embora seja difícil de engolir”.

Sobre quem poderia substituir Folger, Poncharal acrescentou: “Vou tentar encontrar uma solução em um piloto substituto, que é uma missão muito difícil, já que todos os pilotos rápidos já estão contratados.

“Mas, como sempre nas corridas, precisamos ser proativos, criativos e espero que possamos fazer alguém muito feliz.

“Nós manteremos todos você informados sobre a evolução da situação”.

A decisão de Folger ocorre apenas uma semana antes do início dos testes de pré-temporada da MotoGP na Malásia.

 

Sobre Síndrome de Gilbert : é uma doença genética que ocorre entre 2 a 5% da população mundial. Também conhecida como Dinsfunção Hepática Constitucional, caracteriza-se por ser uma alteração de gene que impede a degradação de uma substância chama Bilirrubina, que se acumula no sangue e dá aspecto amarelado à pele e olhos do portador, a icterícia. Sua manifestação se dá basicamente em momentos de stress e exercícios físicos intensos. A pessoa diagnosticada com a síndrome pode sentir fraquezas e ter seu nível de energia reduzido.