Dani Pedrosa pronto para cirurgia após queda na Argentina

Segundo informa a publicação espanhola “Marca”, Dani Pedrosa será submetido a uma cirurgia, após ser diagnosticado com uma fratura do osso radial no punho direito.

Pedrosa estava defendendo sua colocação na volta de abertura do GP da Argentina, neste último domingo, quando foi forçado a sair da linha seca da pista, por uma manobra de Johann Zarco. Momentos depois, ao acelerar, Pedrosa foi lançado da sua Honda, sofrendo um duro golpe no pulso direito, ao cair na pista do circuito de Termas de Río Hondo.

Depois da corrida, o piloto catalão chegou à Espanha e foi para o hospital Quirón-Dexeus em Barcelona, onde teve seu braço direito examinado. Dr. Xavier Mir, que atendeu Pedrosa, constatou uma inflamação na região atingida. Após o consentimento do próprio piloto, ele passará por uma cirurgia no mesmo centro médico.

Sete Gibernau, ex-piloto e conselheiro esportivo de Dani Pedrosa, explicou primeiramente que, embora não tenham sido detectadas quebras aparentes, não foi possível ter certeza de que não havia uma ruptura, por isso foi necessário ir até Barcelona.

No entanto, a equipe Repsol Honda confirmou no final da tarde desta terça-feira (10) que, Pedrosa foi operado no “pulso direito” tendo-lhe sido colocado um “parafuso de titânio” para “redução da fratura e fixação interna”, conforme comunicado oficial da Honda.

A terceira rodada da MotoGP acontece em Austin, no dia 22 de abril. Caso Pedrosa não esteja pronto para assumir a Honda na pista, o novo piloto de testes da HRC, Stefan Bradl, é o primeiro na linha de pilotos a ser escalado.