Jorge Lorenzo conquista pole-position crucial em Valência

Jorge Lorenzo, da Movistar Yamaha MotoGP, deixou bem claro ao que vai na corrida de amanhã do Grande Prêmio Motul da Comunidade Valenciana ao garantir a pole nesta tarde de sábado com uma volta rápida em que pulverizou por completo o recorde anterior do traçado.

O espanhol, atual segundo da classificação geral a sete pontos do companheiro de equipe Valentino Rossi, rodou nuns absolutamente impressionantes 1:30,011s para bater os pilotos da Repsol Honda por 0,488s, com o ainda Campeão do Mundo de MotoGP™ Marc Márquez garantindo a segunda posição do grid e Dani Pedrosa a 0,505s de Lorenzo e fechando uma primeira fila totalmente composta por pilotos espanhóis.

Aleix Espargaró veio do Q1 para voltar a colocar a GSX-RR do Team Suzuki Ecstar em posição de destaque ao garantir o quarto lugar do grid, mas já a 0,906s da P1. Cal Crutchlow, da LCR Honda (+0,937s), e Bradley Smith, da Monster Yamaha Tech3, são os dois nomes restantes da segunda fila, com este último sendo o primeiro a ficar a mais de um segundo da pole, a 1,001s.

Andrea Iannone foi o melhor representante da Ducati ao colocar a GP15 de fábrica no sétimo lugar (+1,045s), à frente de Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech3, +1,069s) e do companheiro de equipe na Ducati Team, Andrea Dovizioso, que se quedou a 1,234s de Lorenzo.

Danilo Petrucci (Octo Prama Racing) lidera a terceira fila, a 1,281s da frente, seguido de Maverick Viñales (Team Suzuki Ecstar, +1,329s), também ele a vir da Q1. O líder do Campeonato do Mundo de MotoGP™ Rossi assinou a 12ª marca, a 1,460s do companheiro de equipe, mas vai largar da última posição do grid dada a penalização de que foi alvo na sequência do incidente de Sepang. Como se tal não bastasse, o italiano sofreu ainda queda na Curva 8 quando perdeu a frente da M1 na sua última volta, ainda assim não se lesionou.