Corridas emocionantes abriram as disputas do Brasileiro de Kart

Primeiras classificatórias foram realizadas nesta quinta-feira

Depois de dois dias dedicados completamente aos treinos o Kartódromo Beto Carrero Internacional, em Penha – SC, recebeu hoje (13), terceiro dia de atividades, as tomadas de tempos e as primeiras corridas classificatórias.

A tensão tomou conta de pilotos e equipes uma vez que, depois de tanto trabalho na preparação do equipamento nada poderia sair errado no primeiro momento de definição desta história edição do Campeonato Brasileiro.

As tomadas de tempo foram as primeiras atividades decisivas. Em todas as categorias as poles position foram definidas por milésimos sendo que, nas classes que competem com motores sorteados, assim como nos treinos, inúmeros pilotos ficaram separados por ínfimas frações de segundos.

Com todos os grids definidos os pilotos seguiram para as corridas. A primeira prova do dia foi a da categoria Júnior. Diego Ramos venceu depois de uma prova que teve de ser interrompida com bandeira vermelha em virtude de um acidente. José Muggiati Neto e Enrico de Luca batalharam muito pela segunda posição. Na relargada De Luca acabou perdendo posições enquanto que José Victor Adami acabou completando a prova no terceiro lugar.

Na classificatória da F4 Super Sênior o catarinense José Spengler Neto venceu com tranquilidade. As disputas pela segunda e terceira posições, porém, foram apertadas durante toda a bateria que teve, também, muitos duelos nas posições intermediárias. Marcos Adriano, dono da melhor volta, terminou no segundo lugar, com César Santos em terceiro.

A Mirim foi a terceira classe a fazer suas atividades. Heitor Dall’Agnol venceu uma bateria bastante disputada quando, a definição do vencedor, só aconteceu mesmo na bandeirada. Enzo Nienkotter, que havia perdido algumas posições, se recuperou e terminou em segundo e Luca Waltrick foi o terceiro.

A corrida da F4 Sênior também foi competitiva e teve de ser interrompida em virtude de acidente, também, sem gravidade. Dono da pole o paulista Bruno Lima teve extremo trabalho para suportar os ataques e vencer. Como a sorte sorri para os competentes ele, logo após a bandeirada, teve rompida a corrente de seu kart e teve de chegar rebocado à pesagem. Rodrigo Dantas ficou com o segundo lugar e Luciano Taue, em terceiro.

Passado o intervalo de pista as categorias da tarde reiniciaram as suas atividades. Assim como as classes da manhã as tomadas de tempos foram realizadas inicialmente e, já caia a noite quando as corridas foram reiniciadas.

A Shifter Sênior reuniu 16 pilotos e teve como vencedor seu pole, Waldir Belizário Júnior, que liderou de ponta a ponta. No princípio Alain Sisdeli ainda pressionou o líder, mas não o suficiente para lhe tomar a primeira posição. Wagner Ebrahim chegou em terceiro.

A F4 Graduado teve uma prova cheia de opções com muitas ultrapassagens em praticamente todas as posições. Oito concorrentes brigavam no primeiro pelotão que acabou consagrando a vitória de Diogo Broka. Em boa recuperação nas últimas voltas Marcos Borges chegou em segundo e André Castro ficou com o terceiro posto.

Depois de três largadas abortadas a Júnior Menor teve uma corrida sensacional. A luta pelo primeiro lugar foi protagonizada por Lucas Staico Maike NAderer e Rafael Cãmara. Por mais de uma vez esses três pilotos se ultrapassaram e a briga só terminou, literalmente, nos pés do diretor de provas, no momento da bandeirada. Staico cruzou a linha de chegada em primeiro e, nas disputas pelos últimos metros de pista Naderer e Câmara estavam lado a lado quando Câmara acabou rodando na curva da vitória e recebeu a bandeirada de chegada em de ré, em terceiro. Mayke foi o segundo colocado

Penúltima prova do dia a Sudam também foi muito acirrada. Muito pressionado no início da corrida Olin Galli conseguiu segurar os ataques e, na segunda metade da prova, abriu grande distância para os demais até vencer com mais de dois segundos de vantagem. A luta pela segunda posição foi muito intensa e acabou ficando com Marcel Coletta após bela recuperação. Bruno Bertoncello cruzou a linha de chegada no terceiro lugar.

Por volta das oito da noite a categoria Shifter Graduado encerrou o primeiro dia de corridas deste Campeonato Brasileiro. Assim como tem feito nas provas do Brasileiro de Turismo Gaetano de Mauro foi absoluto e, de ponta a ponta venceu a prova. A luta pelo segundo lugar contou com vários pilotos, mas, acabou nas mãos de Marcel Coletta, que também disputa as provas nesta categoria. O experiente Danilo Dirani, da Copa Truck, chegou em terceiro.

Nesta sexta a programação do Brasileiro de Kart será completamente tomada pelas corridas classificatórias. Na parte da manhã as corridas vão das nove ao meio dia e, no período da tarde, a programação vai de três às oito e meia da noite.