Sebastien Bourdais vence primeira bateria em Detroit

Sebastien Bourdais surpreendeu o trio de líderes da Penske no final da corrida para vencer em Detroit pelo segundo ano consecutivo, construindo uma vantagem grande antes do seu último pit-stop para parar sem ameaças.

Pela maior parte da corrida parecia ser uma batalha entre o pole Simon Pagenaud e seus companheiros Helio Castroneves e Juan Pablo Montoya, mas conforme os três lutavam entre si, uma estratégia diferente da KV Racing, equipe de Bourdais, o viu liderando o novato Conor Daly por 23 segundos com menos de 20 voltas para o final.

Daly, que tinha também optado por uma estratégia diferente, assistiu Bourdais parar nos boxes à frente dele e sair na segunda posição, mas o jovem americano então copiou o tetracampeão ao construir sua vantagem de mais de 20 segundos antes de parar e sair em segundo.

Com 10 voltas para o final, então, a corrida rapidamente virou uma disputa entre Bourdais e Daly, ambos os quais pararam apenas para reabastecer e sem troca de pneus. Enquanto isto, o trio da Penske eventualmente permitiu Montoya assumir a terceira posição na esperança de alcançar os líderes já que ele tinha pneus mais novos do que qualquer um dos seus companheiros de equipe.

O colombiano não conseguiu bater o ritmo dos dois líderes, porém, apenas descontando a vantagem deles ao alcançarem os retardatários. Ao mesmo tempo, Daly ficou a cerca de um segundo de Bourdais, mas no ar limpo o vencedor da segunda bateria de Detroit do ano passado era mais rápido do que o piloto do ex-piloto de Fórmula 1, Derek Daly.

A corrida começou sob céu encoberto, mas ameaça de chuva nunca realmente preocupou além de poucas gotas na metade final da prova. Pagenaud liderou o pelotão ao longo da prova, também ocasionalmente disputando com seu outro companheiro Will Power.

O dia de Power foi destruído de uma maneira inesperada quando seu carro parou sob bandeira amarela. James Hinchcliffe tinha batido nas barreiras, e Power tinha pulado na liderança quando o pelotão parou sob amarela. Com seu carro parado sendo movido pelos fiscais, porém, sua roda traseira direita caiu.

A única outra bandeira amarela do dia veio mais cedo quando Max Chilton escorregou para o muro, porém como resultado de um problema mecânico.

Bourdais, que venceu a segunda corrida do ano passado em Detroit, está agora empatado com Bobby Unser como o sexto maior vencedor da história da IndyCar com 35. Atrás dele, Daly e Montoya ajudaram seus pontos totais no campeonato com o colombiano agora em quinto no campeonato, empatado com o vencedor da Indy 500, Alexander Rossi, que terminou em 10º hoje.

Um resultado decente parecia ser possível para Pagenaud, mas o francês ficou sem combustível na última volta e terminou em 13º. Combinando isto com o 5º lugar de Castroneves, a liderança de Pagenaud no campeonato está agora em 59 pontos sobre o brasileiro. Scott Dixon, que está a outros sete pontos para trás, teve um pit-stop desastroso e problemas elétricos antes de abandonar e ficar com o 19º lugar.

O treino classificatório para a segunda bateria será realizado neste domingo às 11h45 antes da largada marcada para às 16h40, ambos os horários de Brasília.

 

Confira o resultado da primeira bateria em Detroit:

1. (13) Sebastien Bourdais, Chevrolet, 70, Running
2. (16) Conor Daly, Honda, 70, Running
3. (3) Juan Pablo Montoya, Chevrolet, 70, Running
4. (10) Graham Rahal, Honda, 70, Running
5. (2) Helio Castroneves, Chevrolet, 70, Running
6. (5) Carlos Munoz, Honda, 70, Running
7. (15) Ryan Hunter-Reay, Honda, 70, Running
8. (8) Charlie Kimball, Chevrolet, 70, Running
9. (7) Tony Kanaan, Chevrolet, 70, Running
10. (17) Alexander Rossi, Honda, 70, Running
11. (11) Takuma Sato, Honda, 70, Running
12. (20) Gabby Chaves, Honda, 70, Running
13. (1) Simon Pagenaud, Chevrolet, 70, Running
14. (14) Josef Newgarden, Chevrolet, 70, Running
15. (12) Mikhail Aleshin, Honda, 70, Running
16. (19) Marco Andretti, Honda, 69, Running
17. (21) Spencer Pigot, Chevrolet, 69, Running
18. (4) James Hinchcliffe, Honda, 65, Running
19. (6) Scott Dixon, Chevrolet, 56, Electrical
20. (9) Will Power, Chevrolet, 44, Mechanical
21. (18) Max Chilton, Chevrolet, 8, Contact
22. (22) Jack Hawksworth, Honda, 0, Mechanical

  • Marcelo Alex

    p….. porque não colocam a classificação atualizada.