Pietro Fittipaldi recebeu dicas do avô Emerson para os testes da Indy

Ele ainda não estreou oficialmente durante uma corrida na IndyCar, mas todos já estão de olho em Pietro Fittipaldi. O piloto de 21 anos vai correr na categoria principal de monopostos americanos na próxima temporada e tem um legado considerável: o experiente avô Emerson, com seus dois títulos mundias na F1 e seus dois triunfos na Indy 500. O jovem Pietro sonha com esse tipo de performance.

O último vencedor da Word Serie Fórmula V8 3.5 no ano passado, completou seu segundo teste da IndyCar em Phoenix, Arizona – um local que seu avô Emerson também já esteve no passado. Emerson venceu em 1994 para a Penske. Mas Pietro sabe que muita coisa mudou.

Emerson apontou para Pietro que a pista era perigosamente acidentada. “Eu acho que esses solavancos foram suavizados nesses vinte anos! Eles não estavam lá de qualquer maneira”, brincou Pietro em conversa com o site oficial da IndyCar Series.

“Mas falando sério, meu avô apontou uma série de coisas que vi muito nos meus primeiros testes, ele sabe que muita coisa mudou nos últimos anos e é por isso que me contou ‘se você sentir isso, sabe que se fazia no meu tempo’.

Pietro também falou que pode contar com a ajuda de seu experiente companheiro de equipe na Dale Coyne, Sebastien Bourdais, junto com os conselhos do avô. “É ótimo ter Sebsatien como companheiro de equipe, sempre assisti suas corridas, trabalhar com ele é muito legal, ele tenta me mostrar e é o melhor professor que poderia desejar”.

O jovem Fittipaldi também conta com um nome de peso dentro da IndyCar, mas que afirmou não fazer diferença do “sobrinho”. Max Papis, tio de Pietro, será comissário de pista da IndyCar e afimou: “Eu o amo muito, mas é meu trabalho aqui manter as coisas seguras”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *