McLaren considera seriamente entrar na Indy

A McLaren pode entrar na Indy já na próxima temporada, abrindo caminho para que Fernando Alonso troque de categoria enquanto continua no time britânico.

Zak Brown, chefe da McLaren, falou muitas vezes de seu desejo de ver a equipe entrar na série americana e, no ano passado, juntou as peças para dar a Alonso uma chance nas 500 milhas de Indianápolis. No entanto, o time britânico considera uma participação mais permanente na categoria. Inclusive representantes da McLaren acompanharam a corrida da Indy, no último final de semana em Detroit.

“Estamos considerando seriamente a IndyCar, estamos fazendo a devida diligência há algum tempo”, disse Brown à “Reuters”.

“Como dito antes, se quisermos entrar em outras formas de automobilismo, precisamos fazer isso de uma maneira que não comprometa nossas atividades de Fórmula 1, caso contrário não o consideraremos”, acrescentou.

“Ainda não concluímos nossa decisão, mas ela parece favorável, por isso vamos tomar uma decisão para nos prepararmos para 2019 nos próximos meses”, revelou Brown.

Se a McLaren entrar na Indy, abriria-se uma porta de possibilidade para Alonso. Embora o espanhol tenha dito que tem um longo contrato na F1 com a McLaren, ele também quer alcançar a tríplice coroa do automobilismo – que inclui as 500 Milhas de Indianápolis.

Desiludido com a F1, uma equipe da McLaren na Indy poderia ser a resposta do espanhol.

“Ele está um pouco frustrado com a F1 sendo mais um Campeonato de Construtores do que um Campeonato de Pilotos. Mas ele adora a F1, adora o Endurance (WEC), por isso esperamos manter Fernando no ambiente da McLaren de uma forma ou de outra”, detalhou Brown.