Leist volta a acelerar no oval de Indianápolis, onde conquistou maior vitória da carreira

Piloto gaúcho treinou nesta semana no oval de Indianápolis pela primeira vez desde sua histórica vitória na Freedom 100, a prova principal da Indy Lights em 2017

O mês de maio é especial para os pilotos da Indy, que participam de diversas atividades dentro e fora da pista em Indianápolis, onde no final do mês é realizada a corrida mais famosa do mundo: as 500 Milhas. Para Matheus Leist, piloto gaúcho da AJ Foyt, voltar ao circuito oval mais famoso do planeta é ainda mais especial, pois foi justamente nessa pista em que ele conquistou a maior vitória de sua carreira. Em 2017, logo em sua estreia na pista, o brasileiro triunfou na Freedom 100, a prova mais importante da Indy Lights e que é a preliminar das 500 Milhas da Indy.

“Foi muito emocionante voltar a pilotar no oval de Indianápolis, agora com o carro da Indy. Primeiro eu observei algumas voltas do Tony (Kanaan), meu companheiro de equipe, e depois foi a minha vez de entrar na pista. O carro da AJ Foyt se comportou muito bem e com certeza será muito especial disputar as 500 Milhas pela primeira vez no final do mês, justamente na pista onde conquistei a vitória mais importante da minha carreira”, diz Leist, que completou 71 voltas e é o mais novo do grid da Indy com 19 anos.

Antes de pilotar nas 500 Milhas, Leist tem outro desafio no mesmo autódromo, porém em um traçado diferente. No dia 12, sábado, será disputado o GP de Indianápolis, em um circuito misto e que utiliza uma pequena parte do traçado oval. O brasileiro também possui boas recordações dessa pista, pois foi justamente nela em que conseguiu seu primeiro pódio na Indy Lights em 2017.

“Pilotar em Indianápolis será sempre especial para mim e acredito que seja para qualquer piloto. Espero conseguir bons resultados nas duas corridas e estou me preparando bastante para isso”, diz Leist, que foi campeão da F-3 Inglesa em 2016 e é um dos 15 pilotos apoiados pelo time Cimed Racing, a maior plataforma de patrocínio ao automobilismo brasileiro.