Leist é o 2º mais rápido na classificação 2 e vai largar da 11ª posição em sua estreia na Indy 500

Equipe AJ Foyt dominou os treinos dos pilotos de posição 10 a 33, com Tony Kanaan em primeiro e Leist em segundo: com isso, dupla brasileira abre a quarta fila na tradicional 500 Milhas de Indianápolis no próximo domingo

Depois de ficar entre os 12 melhores ontem na sessão classificatória, Matheus Leist voltou a ser destaque nos treinos da Indy-500 hoje em Indianápolis ao fazer o segundo melhor tempo entre os 24 pilotos que disputavam as posições de 10o a 33o lugar – os nove primeiros participaram de uma outra sessão (Fast Nine) após ficarem entre os nove melhores no sábado, que também definiu os participantes da corrida de domingo (dois foram eliminados).

Mais jovem piloto do grid, com apenas 19 anos, o gaúcho de Novo Hamburgo brilhou ao fazer o seu melhor tempo de sua sessão, logo atrás de seu companheiro de equipe na AJ Foyt, o experiente Tony Kanaan, campeão da Indy e também das 500 Milhas. Com isso, Leist fará sua estreia na Indy 500 partindo da quarta fila, na 11a colocação.

“Desde o primeiro dia de treinos estamos rápidos aqui em Indianápolis. Estou muito contente pela equipe toda, que preparou um carro fantástico para mim e para o Tony (Kanaan) na classificação. Fomos muito velozes e acho até que, se a classificação fosse hoje, a gente teria entrado no Fast Nine. Agora é fazer a preparação para a corrida e fazer uma grande estreia na Indy-500”, diz Leist, que no ano passado fez história ao se tornar o mais jovem campeão de fórmula no tradicional circuito.

Ele venceu a Freedom 100 logo em sua primeira corrida em circuito oval, com apenas 18 anos, válida pela Indy Lights, campeonato de acesso da principal. Agora, em 2018, participa da categoria principal, na qual estreou fazendo um surpreendente terceiro lugar em seu primeiro grid na Indy, em St Pete.

“Estou bastante ansioso para as 500 Milhas: será a corrida mais importante de minha carreira até aqui, mas não sinto pressão. Estou confiante no bom trabalho da AJ Foyt e que podemos ser bem competitivos na corrida”, diz Leist, campeão da F-3 Inglesa em 2016.