Em Pocono, Mikhail Aleshin conquista sua primeira pole-position

Mikhail Aleshin assegurou sua primeira pole-position na Indy neste sábado com a média de duas voltas em 220.445mph em Pocono. Aleshin foi o primeiro piloto a quebrar a marca de 220mph no treino classificatório e foi, por enquanto, uma milha por hora mais rápido do que seu competidor mais próximo.

A pole foi comemorada pela Schmidt Peterson Motorsports, que também conseguiu a sexta posição de largada com James Hinchcliffe, e pela Honda depois de somente dois carros de Chevrolet conseguirem ficar no top 7.

No começo do treino, Carlos Muñoz colocou o sarrafo lá em cima com a média de 219.647mph. Durante metade da sessão ele manteve a liderança, tirando vantagem de vários pilotos que bateram no começo da sessão que poderiam tê-lo superado.

O líder do campeonato Simon Pagenaud foi um desses também. Ele cravou 217.721mph depois de cravar uma das voltas de aquecimento mais lenta entre todos. Will Power saiu um pouco depois e conseguiu a segunda melhor marca; ele terminou em 8º.

Aleshin foi o 13º a se classificar no dia, e não perdeu tempo em acumular velocidade. Cravando a primeira posição provisoriamente, o russo então segurou seu companheiro de equipe e muitos outros, mas ninguém conseguiu alcançar sua marca.

Takuma Sato conseguiu cravar duas boas voltas pela AJ Foyt para conquistar a segunda posição provisória, mas Josef Newgarden também quebrou a barreira do 220mph e superou o japonês para largar em segundo. Sato largará em terceiro à frente de Helio Castroneves, que foi o mais rápido da Penske.

Outro piloto da Penske, Juan Pablo Montoya, bateu na curva 1 durante o treino livre, então a equipe teve que pegar peças sobressalentes de outros carros para reconstruir o carro #2. Seus esforços foram bem-sucedidos, já que Montoya surgiu na pista pela primeira vez desde o acidente numa pintura “remontada”, cravando 217.284mph – bom o suficiente para largar em 15º.

Sortes parecidas caíram sobre Charlie Kimball, cujo acidente no treino livre causou um frenesi na sua garagem, mas ele conseguiu classificar em 16º.

O mesmo não pode ser dito para a equipe Andretti e Ryan-Hunter-Reay. O piloto americano acertou seu carro no muro no treino livre e foi forçado a não participar do treino classificatório já que os reparos continuaram em seu altamente danificado chassi.

Seu companheiro Marc Andretti obteve a média de 218.012mph, que lhe rendeu a 13ª posição. Esta marca foi 1.3mph mais lenta do que Alexander Rossi, que largará pelo lado de dentro da quarta fila em sétimo.

Fora do topo do pelotão ficou Scott Dixon, que só conseguiu fazer algo em torno de 215mph, colocando-o na penúltima fila.

Esta corrida marca o primeiro retorno da IndyCar a Pocono desde o acidente fatal envolvendo Justin Wilson no ano passado.

A ABC Suppy 500, em Pocono, deve ter sua bandeira verde às 16h09, horário de Brasília, deste domingo.

 

Confira o grid de largada:

1. (7) Mikhail Aleshin, Honda, 220.445
2. (21) Josef Newgarden, Chevrolet, 220.195
3. (14) Takuma Sato, Honda, 220.067
4. (3) Helio Castroneves, Chevrolet, 219.781
5. (26) Carlos Munoz, Honda, 219.647
6. (5) James Hinchcliffe, Honda, 219.463
7. (98) Alexander Rossi, Honda, 219.326
8. (12) Will Power, Chevrolet, 218.617
9. (10) Tony Kanaan, Chevrolet, 218.606
10. (20) Ed Carpenter, Chevrolet, 218.424
11. (15) Graham Rahal, Honda, 218.204
12. (41) Jack Hawksworth, Honda, 218.051
13. (27) Marco Andretti, Honda, 218.012
14. (22) Simon Pagenaud, Chevrolet, 217.721
15. (2) Juan Pablo Montoya, Chevrolet, 217.284
16. (83) Charlie Kimball, Chevrolet, 216.917
17. (8) Max Chilton, Chevrolet, 216.689
18. (11) Sebastien Bourdais, Chevrolet, 216.263
19. (9) Scott Dixon, Chevrolet, 215.337
20. (88) Conor Daly, Honda, 214.757
21. (19) Pippa Mann, Honda, 211.267
22. (28) Ryan Hunter-Reay, Honda, no speed