Alonso é “aprovado” no teste para as 500 Milhas de Indianápolis

Fernando Alonso completou o programa de orientação obrigatório para novatos antes de sua estreia na Indy 500 em seu primeiro teste na categoria durante esta quarta-feira.

Os novatos do evento têm que completar voltas dentro das faixas de velocidade prescritas para serem elegíveis para a participação nas 500 Milhas e antes que sejam autorizados a rodar em velocidade total.

O objetivo de Alonso era fazer 10 voltas de 330 a 338 km/h, 15 voltas de 338 a 346 km/h, e então 15 voltas entre 346 e 354 km/h.

Ele conseguiu isso ao longo de um total de 51 voltas em quatro saídas durante sua primeira hora na pista à bordo do McLaren-Honda da Andretti, tendo uma velocidade de volta média de 353,498 km/h.

A primeira saída de Alonso havia sido atrasada, pois as condições de temperatura baixa impediram as voltas de instalação de Marco Andretti no carro.

A chuva estava prevista durante a tarde, por isso o almoço programado foi cancelado para que Alonso pudesse completar a quilometragem máxima em seu único dia de teste extra antes do início oficial da Indy 500 na segunda-feira 15 de maio.

Michael Andretti disse que Fernando Alonso já mostrou que ele “domina” pilotar em um oval, depois de seu primeiro teste hoje.

“Ele fez tudo perfeito, tudo o que ele deveria fazer – passou por todas as três fases (da orientação), então agora podemos aumentar o jogo um pouco mais”, disse Andretti ao ‘Autosport’.

“Ele está olhando os dados agora, para que possa ver o que está nos dados em comparação com o que ele está sentindo na pista. Ele entende isso, é um dos melhores do mundo e você pode ver por quê”.

“Ele analisou o que estava fazendo com seu traçado, estava mudando volta após a volta para ter uma ideia. Ele tinha um pouco de subesterço (saindo de traseira) e ajustou sua linha de corrida para isso, então, você percebe que ele sabe exatamente o que está fazendo”, acrescentou Andretti.

“Ele estava experimentando, uma hora eu pensei que estava um pouco na linha de baixo, mas na próxima volta ele já subiu, então foi bom”.

Andretti complementou: “Nós ainda vamos fazer ajustes aerodinâmicos para ele sentir os diferentes níveis de downforce”.

“Ter um piloto do calibre de Alonso na nossa equipe fazendo a Indy 500 é muito bom pra nós, ainda mais fazendo essa parceria com a McLaren. Era uma oportunidade que não podíamos deixar passar.”

A Indy 500 começa oficialmente dia 15 de Maio, e corrida acontece no dia 28 do mesmo mês.