Erro da direção de prova tira vice-campeonato de André Marques

A briga segue aberta pelo título da temporada da Copa Truck depois da disputa da quarta etapa realizada neste domingo, em Euzébio (CE), e que definiu Felipe Giaffone como o campeão da Copa Nordeste. Os pilotos da AM Motorsport/Império Racing Truck, André Marques e Wellington Cirino, seguem na briga pelo título geral individual e de marcas, com os caminhões Mercedes-Benz.

André Marques chegou ao pódio da etapa cearense com um quinto lugar na segunda corrida e um quarto lugar na corrida 1, enquanto Wellington Cirino foi o sexto colocado na primeira etapa, e teve problemas logo na largada da corrida 2.

Porém, ficou a sensação de frustração para André Marques por ter perdido a segunda posição na Copa Nordeste por um erro da direção de prova.

“Fui punido com drive-trough por queimar o radar na primeira volta, mas não existe o radar para a volta de largada. Subi na torre e a direção reconheceu o erro, mas não dá para voltar atrás. Prejudicaram nossa prova, e, consequentemente, nosso campeonato”, lamentou Marques.

Apesar do erro da direção, André Marques ficou satisfeito com todo o trabalho da equipe na Copa Nordeste.

“Tivemos uma etapa bem disputada e com o caminhão indo até o final, terminando com o pódio. São fatores importantes por conta das condições do clima e da pista. E pensando em classificação, seguimos na briga pelo título geral da temporada e para tentar levar a Mercedes-Benz ao título das marcas”, comentou André Marques, que leva em seu caminhão a marca da Cerveja Império.

André também comemora o prazo que o time terá para aperfeiçoar os ajustes nos caminhões para a etapa que abre a Copa Sudeste, em Curvelo, no dia 15 de outubro, em Curvelo (MG).

“São quase três meses que teremos para ajustar as coisas. Mas estou bem satisfeito com o rendimento que tivemos aqui no nordeste. Vamos seguir trabalhando para andar entre os primeiros”, disse.

O paranaense Wellilngton Cirino, que tem a marca Dopamina Mindful Drink em seu caminhão, lamentou o problema que teve logo na largada da segunda etapa, quando era o pole.

“Tínhamos uma estratégia para buscar o título do regional, mas, infelizmente, tivemos um problema e tive que largar lá de trás. Mas acho que temos um saldo positivo e vamos seguir o trabalho para as duas corridas que restam no calendário e buscar outros bons resultados”, disse.

Classificação Regional
1º – Felipe Giaffone, 95 pontos
2º – Roberval Andrade, 76
3º – André Marques, 75
4º – Wellington Cirino, 66
5º – Renato Martins, 56
6º – Luiz Lopes, 50
7º – Beto Monteiro, 37
8º – Débora Rodrigues, 35
9º – Leandro Totti, 34
10º -Adalberto Jardim, 34
*sujeito a oficialização do resultado

Classificação Marcas
1º – Volks-MAN, 159
2º – Mercedes-Benz, 141
3º – Iveco, 131
4º – Ford, 59
5º – Volvo, 56
6º – Scania, 53

Resultado Corrida 1
1º – Felipe Giaffone, VW, em 23min48s406
2º – Roberval Andrade, Iveco, à 1s866
3º – Leandro Totti, Volvo, à 2s768
4º – André Marques, Mercedes, à 15s155
5º – Régis Boéssio, Volvo, à 18s151
6º – Wellington Cirino, Mercedes, à 18s867
7º – Fábio Fogaça, Ford, à 47s128
8º – Renato Martins, VW, à1min27s509
9º – Luiz Lopes, Iveco, à 1min27s848
10º – Duda Bana, Scania, à 1min32s871
11º – Zé Maria Reis, à 1 volta
Resultado Corrida 2
1º – Roberval Andrade, Iveco, 26min04s410
2º – Felipe Giaffone, VW, à 0s076
3º – David Muffato, VW, à 4s990
4º – Beto Monteiro, Iveco, à 17s673
5º – André Marques, Mercedes, à 18s367
6º – Fábio Fogaça, Ford, á 30s156
7º – Debora Rodrigues, VW, 41s064
8º – Luiz Lopes, Iveco, 43s214
9º – Renato Martins, VW, à 1 volta
10º – Witold Ramasausukas, MAN, à 1 volta
11º – Zé Maria Reis, Scania, à1volta
12º – Pablo Alves, à 2 voltas