André Marques ganha a primeira na Fórmula Truck

Foi difícil e foram necessárias quase seis temporadas para André Marques conquistar a primeira vitória na Fórmula Truck. Na tarde deste domingo, no Autódromo de Cascavel, ele venceu a oitava etapa da temporada e recebeu um presente de aniversário com dois dias de atraso, pois completou 35 anos na sexta-feira. André terminou na frente nas duas fases e assumiu o quarto lugar na classificação geral do Campeonato Brasileiro, que tem Felipe Giaffone, o terceiro colocado – atrás do cascavelense Diogo Pachenki – com boa vantagem sobre Paulo Salustiano, que terminou em quinto.

A corrida foi marcada pelo acidente de Débora Rodrigues ainda na primeira fase, quando em disputa com Raijan Mascarello, Débora sofreu um toque e acabou capotando seu MAN após passar sobre o guard-rail e bater na barreira de pneus. Apesar da imagem impressionante, Débora não sofreu não sofreu ferimentos. O acidente foi investigado pela direção de prova e considerado normal.

Depoimento do vencedor e homenagem a Pedro Muffato:

Giaffone tem 322 pontos contra 280 de Salustiano e 275 de Pachenki. Nas duas etapas restantes até o final da temporada estarão em jogo 106 pontos e todos os pilotos são obrigados a fazer o descarte de uma etapa. Giaffone descartaria 23 pontos, Salustiano já tem um abandono e Pachenki teria de jogar fora 18.

Com a vitória de hoje André Marques segue na briga pelo título da categoria, já que não pontuou em duas etapas anteriores, portanto não terá descarte.

 

Mais tarde, ele falou com exclusividade à F1Mania:

“O final de semana foi muito bom, estou muito feliz com o trabalho e dedicação de toda a equipe, após o acidente de Tarumã reconstruíram todo o meu caminhão em prazo recorde e ainda me deram um excelente caminhão! Muito feliz!”.

“Essa é minha sexta temporada. Tenho mais de vinte (20) pódios de todos os lugares menos esse (primeiro colocado) que faltava. Tirei um tabu de mim mesmo. A importância (da vitória) é que tira o peso. Desde a segunda temporada tive algumas oportunidades de ganhar mais sempre algo não dava certo. E hoje deu tudo certo!”, disse Marques que deve permanecer na RM Competições para a temporada 2017 da Fórmula Truck. “Eles são como uma família para mim”, finalizou.

 

Os pilotos da mais popular categoria do automobilismo da América do Sul fizeram mais uma homenagem a Pedro Muffato, que completa 50 anos de automobilismo e nesta temporada encerra a carreira. Esta foi sua última corrida no Autódromo de Cascavel, que ele idealizou e ajudou a construir. Todos reverenciaram o companheiro de 76 anos, que também recebeu homenagem da Fórmula Truck e uma placa da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Próxima e penúltima etapa da temporada está marcada para o dia 6 de novembro em Guaporé, na região serrana do Rio Grande do Sul.

 

Resultado primeira fase da oitava etapa da Fórmula Truck em Cascavel:

1) André Marques (RM Competições), 19 voltas em 25min19s482
2) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 2s222
3) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), a 5s451
4) Adalberto Jardim (RM Competições-MAN), a 11s179
5) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), a 11s362
6) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 13s789
7) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 39s518
8) David Muffato (MAN TGX), a 40s092
9) Régis Boessio (Boessio Competições), a 59s510
10) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 1min13s837
11) Débora Rodrigues (RM Competições-MAN), a 1 volta
12) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), a 6 voltas
13) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 9 voltas
14) Jansen Bueno (Muffatão Racing), a 11 voltas
15) Pedro Muffato (Muffatão Racing), a 14 voltas
16) Fábio Fogaça (Fábio Fogaça Motorsports), a 14 voltas
17) Leandro Totti (Clay Truck Racing), a 17 voltas

Melhor volta: Diogo Pachenki, 1min20s619, média de 136,6 km/

 

Resultado segunda fase da oitava etapa da Fórmula Truck em Cascavel:

1) André Marques (RM Competições), 13 voltas em 17min42s069
2) Diogo Pachenki (Copacol Truck Racing), a 2s310
3) Felipe Giaffone (RM Competições-MAN), a 2s466
4) Adalberto Jardim (RM Competições), a 13s341
5) Paulo Salustiano (ABF Mercedes-Benz), a 14s576
6) Raijan Mascarello (ABF Racing Team), a 16s019
7) Wellington Cirino (ABF Mercedes-Benz), 16s506
8) Beto Monteiro (Lucar Motorsport), a 27s313
9) Régis Boessio (Boessio Competições), a 39s790
10) Luiz Lopes (Lucar Motorsport), a 46s987
11) Roberval Andrade (Dakar Motorsports), a 1min09s621
12) David Muffato (MAN TGX), a 1 volta
13) Fábio Fogaça (Fábio Fogaça Motorsports), a 5 voltas

Melhor volta: Felipe Giaffone, 1min20s789, média de 136,3 km/h

 

Os dez primeiros pilotos no Campeonato Brasileiro da Fórmula Truck *

1) Felipe Giaffone, 322 pontos
2) Paulo Salustiano, 280
3) Diogo Pachenki, 275
4) André Marques, 221
5) David Muffato, 207
6) Débora Rodrigues e Raijan Mascarello, 167
7) Wellington Cirino, 155
8) Roberval Andrade, 142
9) Adalberto Jardim, 141
10) Régis Boessio, 140

* Pilotos são obrigados a fazer o descarte de uma etapa da temporada.

 

Campeonato das fábricas

1) Mercedes-Benz, 663
2) MAN Latin América, 650
3) Volvo, 321
4) Iveco, 317
5) Ford, 215
6) Scania, 91

 

* Gabriel Gavinelli colaborou com esta reportagem