Venturi, equipe parceira da ZF, comemora a estreia bem sucedida na nova temporada da Fórmula E

Durante as rodadas de abertura da nova temporada de Fórmula E em Hong Kong, China, a Venturi, equipe parceira da ZF, conseguiu marcar seus primeiros pontos no campeonato quando o piloto Edoardo Mortara terminou a corrida na segunda posição no último sábado em sua primeiríssima corrida na Fórmula E.

Seu colega de equipe, Maro Engel, também conseguiu marcar pontos. A ZF e a Venturi iniciaram uma parceria tecnológica oficial em 2016 na Fórmula E da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) que abrange não somente o desenvolvimento de amortecedores de alta performance, mas também a concepção de um sistema de powertrain elétrico da ZF para a quinta temporada do certame automobilístico.

A primeira série de corridas inteiramente elétrica do mundo está se tornando cada vez mais popular. Após fabricantes como a Audi, Jaguar e Renault terem decidido disputar, outras montadoras como BMW, Mercedes-Benz e Porsche também anunciaram suas participações na Fórmula E nos próximos anos.

A cooperação com a equipe Venturi (baseada em Mônaco) está planejada para diferentes etapas: na temporada passada, o carro da Venturi utilizou amortecedores da ZF Race Engineering. Já nesta temporada, a Venturi utilizará pela primeira vez uma recém-desenvolvida transmissão “Racing” ZF. ”O tempo do processo de desenvolvimento nos coloca sob muita pressão: de uma folha em branco para a pista de corrida, nós tivemos somente cinco meses para a concepção“, explica Matthias Nitsch, um dos desenvolvedores.

“Foi de extrema importância que todas as partes envolvidas trabalhassem perfeitamente integradas“, completa Nitsch. A nova transmissão foi desenvolvida em Friedrichshafen, na Alemanha, e seu protótipo foi produzido na planta do grupo localizada na cidade alemã de Saarbruecken. A equipe Venturi cuidou da construção em 3D e da criação dos desenhos, além de conceder muitas percepções úteis em relação à construção da transmissão.

Norbert Odendahl, Diretor-Geral da ZF Race Engineering GmbH, espera por uma temporada de sucesso: ”Nós queremos provar que não somos somente especialistas em embreagens e amortecedores para automobilismo, mas também somos experts em produtos complexos e soluções de Eletromobilidade , tais como a nova transmissão e um sistema de transmissão completamente elétricos, que estão sendo desenvolvidos nesse momento pela ZF, especialmente para a quinta temporada”.

Know-how clássico encontra a tecnologia do futuro

Na Fórmula E, o desempenho obtido é estritamente limitado. No entanto, os desenvolvedores estão focados em melhorar a eficiência da nova transmissão utilizaando materiais leves e otimizando a eficiência. “Nós aplicamos na totalidade, a nossa força clássica e know-how sobre transmissões para a tecnologia do futuro em Eletromobilidade“, diz o líder do projeto, Stephan Scharr. Isso incluiu análises detalhadas de todo o sistema, otimização do peso com base em simulações, um desenho altamente eficiente de rolamentos dentados, assim como um sistema inovador de lubrificação. A equipe do projeto também desenvolveu um novo diferencial para corridas.

A cooperação será ampliada ainda mais

A nova transmissão exibe algumas características de desempenho impressionantes: ela é muito leve, compacta e eficiente. Oferece tempos de troca inferiores a 40 milissegundos, e uma faixa acima de 26.000 rpm. “Esta é certamente a transmissão com a maior faixa de rpm (rotações por minuto) que a ZF já construiu“, diz Matthias Nitsch.

Para a temporada 2018/2019, os carros Venturi serão equipados com um powertrain completo da ZF: assim, não somente amortecedores e transmissões, como também o motor elétrico, inversor e potência eletrônica da ZF ajudarão a Venturi a competir pelo título do campeonato.

A ZF Race Engineering é uma filial da ZF Friedrichshafen AG que desenvolve, produz e vende amortecedores, embreagens e produtos ZF para as melhores categorias do automobilismo mundial e também para corridas de rua. Após unir as atividades da ZF em um negócio conjunto com a TRW Conekt no início de 2017, o negócio agora conta com 220 funcionários em Schweinfurt, na Alemanha, e emSolihull, na Grã-Bretanha.

A Fórmula E é uma série que foi criada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) em 2014, onde os principais pilotos profissionais competem uns contra os outros em carros de corrida completamente elétricos. Os eventos de corrida acontecem em circuitos de rua provisórios nas maiores capitais do mundo. A quarta temporada começou em 2 de dezembro de 2017 em Hong Kong, e terá um total de 14 corridas em 11 cidades de cinco continentes.