Porsche estaria considerando inscrição na quinta temporada

A Porsche está se aproximando de um futuro na Fórmula E depois de uma reunião entre seus dirigentes e o chefe da categoria Alejandro Agag em Mônaco.

Agag encontrou o CEO da Porsche, Oliver Blume, membro do conselho Michael Steiner e o chefe de sua equipe na LMP1 Andreas Seidl.

A F-E é conhecida por estar no radar como estratégia futura para a Porsche, e poderia juntar-se à série na temporada cinco em 2018/2019.

Em adição à reunião em Mônaco, mais membros da Porsche foram ao ePrix de Berlim no último fim de semana para falar sobre parâmetros adicionais para uma inscrição num futuro próximo.

“Nós recebemos um convite (para Mônaco) de Alejandro Agag para dar uma olhada e experimentar a Fórmula E pela primeira vez”, disse Seidl em Le Mans à revista britânica ‘Autosport’.

“Nós apenas fomos convidados para uma categoria interessante, porém talvez ainda não haja liberdades técnicas suficientes”.

Como muitas montadoras, a Porsche tem monitorado a F-E cuidadosamente, especialmente desde a segunda temporada em 2015/2016.

A probabilidade de um envolvimento direto acredita-se ter acelerado nos últimos meses, desde que foi confirmado que a F-E manteria os planos para começar a fazer corridas com um único carro a partir da quinta temporada.

No ano passado, a Porsche demonstrou significante interesse na concorrência de fornecimento de bateria – que é a chave para a categoria evoluir do atual formato de corridas com dois carros a partir de 2018/2019.

A McLaren Applied Technologies venceu aquela concorrência e fornecerá baterias em conjunto com a Lucid Motors, que é especializada em tecnologias de baterias automotivas.