Nissan substituirá Renault futuramente na Fórmula E

A decisão da Nissan para substituir a Renault na Fórmula E já foi acertada, segundo afirmação do site ‘Autosport’.

No começo do ano, o site revelou que a aliança entre Renault-Nissa estava discutindo como poderia operar melhor seus programas de automobilismo para ambos os fabricantes.

Múltiplas fontes confirmaram que a união, que é uma das maiores parcerias automotivas do mundo, caminhava para que a Nissan recebesse o sinal verde para a série elétrica de monopostos.

Mike Carcamo, chefe de automobilismo global da Nissan, NISMO, visitou a equipe Renault e.dams FE e a FIA durante os testes de pré-temporada realizados em Valência durante a semana passada.

A Nissan é uma das maiores vendedoras de veículos elétricos no mundo e a opção ideal é manter uma boa presença na FE.

A FE está sem fabricantes japoneses no momento, mas o CEO da série, Alejandro Agag, afirmou que espera que isso mude logo.

Perguntado sobre Nissa, Toyota e Honda, Agag disse que “um desses três, talvez dois, virão” para a FE, mas ele se recusou a comentar sobre qual seria o fabricante e quando isso deveria acontecer.

A Honda também já expressou interessa na FE, mas minimizou as perspectivas de uma entrada a curto prazo, pois se concentra no seu programa de Fórmula 1.