Michelin: riscos em assumir FE e WEC são “mais adequadas” que envolvimento na F1

A Michelin acredita que os riscos em assumir a Fórmula E e o Campeonato Mundial de Endurance (WEC) são “mais adequadas” do que envolver-se com a Fórmula 1.

A fabricante francesa de pneus recentemente estendeu o acordo para fornecer para a FE na próxima década, tendo sido um dos parceiros fundadores da série de monopostos elétricos.

O diretor de automobilismo da Michelin, Pascal Couasnon, disse que o WEC “poderia ser” o próximo lugar para seus compostos, e sugeriu que a categoria de carros esportivos e a FE são melhores para as “inovações” do que a Fórmula 1.

“É algo que precisamos discutir com os organizadores”, disse ele para o site ‘Autosport’.

“Como líder, adoramos arriscar e é isso que queremos continuar fazendo.

“Estamos falando de pneus de 18 polegadas na Fórmula 1 há muitos anos, acredito que desde 2010, e não conseguimos convencer as partes para assumir esse risco.

“Alguns desses conceitos, no WEC quando usam pneus escuros para a chuva (ele cita como exemplo), são bastante loucos, mas funcionam.

“É isso que amamos”.

Couasnon disse que a preferência da FE por um pneu para todo o tempo prega uma mensagem sobre sustentabilidade e relevância nos carros rodoviários.

Ele acrescentou que o compromisso da FE com este pneus foi “muito importante” para manter a Michelin envolvida.

“Talvez possamos tentar introduzir esse conceito em outras séries”, disse ele. “Por que não?

“Você precisa encontrar outros interessados para assumir os riscos.

“O esporte a motor é um show em termos de tecnologia, você precisa encontrar o caminho apropriado.

“Isso foi perfeito, apresentando o primeiro pneu de 18 polegadas em um carro de ‘open wheel’ e testando algo que era desconhecido.

“Trabalhamos bem e queremos continuar”.

Na última temporada, a Michelin apresentou uma “segunda versão” de seu pneu da FE para uso em tempo integral que era quase 5 kg mais leve e com a eficiência melhorada.