Líderes temem a chegada de Lopez, bicampeão do WTCC

Sebastien Buemi, campeão da Fórmula E, e seu principal rival Lucas di Grassi acreditam que Jose Maria Lopez disputará vitórias quando trocar o WTCC pela categoria de monopostos elétricos.

O bicampeão do WTCC disputará a temporada 2016/2017 da Fórmula E pela DS Virgin Racing, encerrando sua participação no WTCC depois de três temporadas com a Citroen, marca irmã da DS.

O argentino de 33 anos não compete em monopostos desde 2006, mas testou o carro da DS Virgin no verão passado e ganhará mais quilometragem no novo DSV-02 durante este verão.

“Eu acho que ele pode lutar pelo título”, disse Buemi ao site da revista britânica ‘Autosport’. “A equipe foi bem nesta temporada e na temporada passada com Sam Bird (novo companheiro de Lopez) e eu espero que eles estejam bem na próxima”.

“Ele precisará de algumas corridas para se adaptar. É diferente comparar aos testes, mas ele não demorará mais do que duas corridas”.

Di Grassi esteve no programa de desenvolvimento de pilotos da Renault com Lopez nos anos 2000.

Ele disse que o sucesso de Lopez nos carros de turismo e o currículo nos monospostos, que incluem dois anos vitoriosos na GP2 e superar Robert Kubica na disputa pelo título da Fórmula Renault Italiana de 2002, o deixa “preocupado”.

“Eu o classificaria muito bem, ele é o melhor piloto de turismo no mundo e ter um campeão mundial chegando é sempre uma boa notícia”, disse o brasileiro.

“Ele é uma adição muito boa ao campeonato, especialmente se tivermos uma corrida na Argentina – ele é famoso lá, o melhor piloto argentino no mundo”.

“Ele é muito experiente e está no melhor da sua carreira. Ele será competitivo e aprenderá rapidamente.